#JornalismoSemFakeNews

12 de agosto de 2010 às 2:05

Secretário explica que suspensão do Cidadão Sem Fome foi para fortalecer os restaurantes populares

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Secretário Estadual de Trabalho e Assistência Social, Gercino Saraiva explica ao Blog a suspensão do programa Cidadão Sem Fome.
Gercino nega que a decisão do governador Iberê Ferreira de Souza, após reunião com equipe da Secretaria e da área econômica do governo, ter mandado suspender a distribuição de cestas básicas, seja de cunho político.
Para Gercino, o Estado não está nadando em dinheiro e com a situação difícil, o governador teve que fazer uma opção: como a rubrica que destina recursos para alimentação foi uma das penalizadas com a crise, o governo teve que optar por manter funcionando os restaurantes populares…
"Que fornecem, por dia, 20 mil refeições em todo o Estado", declarou Gercino, que ainda explicou que, desde que foi criado, o Cidadão Sem Fome ainda está em observação.
"Por enquanto ele está suspenso, não será desativado e não passará calote em fornecedores", declarou Gercino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.