#JornalismoSemFakeNews

15 de agosto de 2010 às 12:38

Pelo FIM das carreatas

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem que os políticos, que não param de percorrer o Estado pela estrada afora em grandes carreatas, poderiam mudar o tom das campanhas.
Nessa não dá mais, pois é grande a contaminação de carreatas. Mas eles poderiam amadurecer a ideia de que carreata é coisa de política antiga, dos tempos do coronelismo, onde os chefes políticos saíam arrastando o povo (se bem que naqueles tempos o povo era motivado por paixão..hoje é por cifrão emsmo).
Não importando se o sol está quente, se está chovendo, se alguém está doente.
Quanto mais carro, mais impressiona o eleitor.
Nas ruas de Natal, e de qualquer cidade, haja engarrafamentos.
Afinal, não tem como não se comparar uma carreata a um grande congestionamento.
Basta uma carreata pegar uma via para começar o transtorno.
Tem sempre alguém prejudicado.
Cadê o direito de ir e vir? Se acaba quando um candidato resolve lutar pelo seu próprio espaço na política? E o povo?
Engana-se quem acha que carreata dá voto.
Muito pelo contrário: em muitos casos, tira voto.
Basta que alguém, sem interesses, caia numa dessas armadilhas.
Pode até simpatizar com o comandante do barco, mas a partir dali, tchau e bênção.
Ontem me deparei – ainda bem que eu trafegava na via contrária – com uma carreata saindo de Ponta Negra, tomando conta da avenida Roberto Freire no sentido viaduto…
Um horror!
A via literalmente tomada, sem acesso a nada. Caiu ali, dançou. Que cante o jingle e ouça os gritos de guerra. Se fizer cara feia, pode ter o carro quebrado, pneus furados, ser xingado.
É…porque as tais carreatas provocam isso. O povo se transforma. Ou é, ou não é.
Ridículo é pouco.
E nas estradas? Queira viajar, chegar rápido…tem que ir no calendário eleitoral de cada município para saber se a estrada estará livre.
O povo sofre.
Só o povo, porque os candidatos, os que percorrem as carreatas nos carros da frente, chegam aos locais das carreata…de avião.
E quando terminam, o aviãozinho fretado, ou emprestado em troca de um favor na próxima administração, está ali, esperando…
E o povo que se lixe nos engarrafamentos e perigos das estradas.
Está na hora da política dar um basta nessa besteirada toda e deixar o povo livre dos cabrestos.
Cabrestos sim, senhor…
Se na carreata dos governistas, os oposicionistas dizem que só vão os cargos comissionados, é lá nas carreatas dos oposicionistas onde estão os candidatos a ocupar os tais cargos comissionados. E ainda os candidatos a empreiteiros, empresários, terceirizados, construtores…tudo de olho nos cargos e nas obras.
E para isso, vale tudo. Vale enfrentar engarrafamentos, vale xingar, vale usar a internet para defender o tal candidato em defesa do que o futuro lhe reserva.
A Justiça Eleitoral acabou com os showmícios…mas deixou as carreatas.
Talvez porque os ministros que julgam o que pode e o que não pode nas campanhas eleitorais, sequer saibam como isso acontece,
Alguém tem notícia de carreata em São Paulo? Rio de Janeiro? Brasília?…
Na capital federal até tem…mas lá é uma cidade planejada, sem congestionamentos.
Talvez na cabeça dos ministros que julgam o que pode e o que não pode nas campanhas, as ruas do país afora sejam todas planejadas, como as de Brasília.
Vamos torcer pelo fim das carreatas, pelo fim da falta de respeito com o eleitor comum e com o eleitor dos candidatos que fazem carreatas também…
São muitos os que vão contrariados…mas vão para não deixar o candidato descontente…e com isso, não perder, nem digo a boquinha, mas o ganha pão mesmo, o sustento da família. 
O povo se submete por necessidade, e os políticos esbanjam…por sacanagem mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.