#JornalismoSemFakeNews

19 de agosto de 2010 às 17:29

Agripino justifica: DEM não votou contra o Prouni

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador José Agripino está rebatendo informações que estão sendo publicadas e comentadas, com afirmações de que o DEM votou contra o Prouni.
“Um senador que criou e aprovou, no Senado, o programa do Bolsa Aperfeiçoamento para facilitar o acesso do jovem ao mercado de trabalho, não pode ser contra o Prouni. É uma incoerência o que estão tentando passar para o eleitor. Aqui no RN, eu vou ajudar Rosalba, é na criação do Prouni estadual”, contesta.
O que ocorreu, segundo assessoria do senador, foi que, em outubro de 2004, o DEM se posicionou contra apenas a forma como o programa foi apresentado, por meio de Medida Provisória.
"Em nenhum momento o DEM questionou o conteúdo do programa. O partido tem consciência da importância de se estimular a educação no país.Primeiro, o texto chegou ao Congresso por meio de Medida Provisória (MP). No entender dos advogados do então PFL, a MP não cumpria os critérios de urgência exigidos pela Constituição", justifica o senador através da assessoria.
O partido questionou à época a forma como as escolas inscritas deixavam de pagar impostos para receber os alunos beneficiados, e quis saber de onde sairiam tais recursos e de que forma o bolso do cidadão brasileiro seria atingido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.