#JornalismoSemFakeNews

2 de setembro de 2010 às 22:40

Livre da acusação der ter promovido showmício, Adenúbio continuará “orando” pelos adversários

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Diário Oficial da Justiça publicou, nesta quinta-feira, decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), que negou pedido de liminar do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o vereador Adenúbio Melo (PSB), candidato a deputado federal.
A decisão, assinada pelo juiz Aurino Lopes Vila, foi tomada no dia 29 de agosto.

Na decisão, o magistrado diz que não há sanção específica para a denúncia formulada pelos procuradores, que acusava Adenúbio de ter participado de showmício – como a PRE considerou um show evangélico promovido por Adenúbio e pelo deputado estadual Antonio Jácome (PMN).

“As pessoas não são obrigadas a esquecerem sua religião durante a disputa de uma eleição. Vou continuar orando, por mim e por meus adversários, respeitando as leis e honrando o povo do meu querido RN, que merece respeito pelo esforço que faz todos os dias pelo desenvolvido deste Estado”, disse Adenúbio Melo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.