#JornalismoSemFakeNews

9 de setembro de 2010 às 12:40

Raniere Barbosa diz que não roubou na Prefeitura e pede que justiça apure acusações de Mary Regina

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Raniere Barbosa, acusado pela colega Sargento Regina de ter "roubado" quando foi secretário do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, se pronunciou hoje sobre o assunto.
Finalmente.
Raniere optou por fazer sua defesa no plenário da Câmra, com um pronunciamento onde ele disse estar prestando esclarecimentos "sobre a insidiosa, leviana e, acima de tudo, injusta citação do meu nome pela vereadora Sargento Regina".
Antes de dizer que não roubou, Raniere culpou a imprensa pela acusação da colega. 
Disse, antes de tudo, que a imprensa "deturpou" por "falta de ética".
A colega sugere que o vereador roubou e quem paga o pato é a imprensa.
Tá…
Mas vamos lá…
Raniere disse que Sargento Regina fez "menções totalmente desprovidas" sobre seu patrimônio, ao chamá-lo de "milionário".

"Quero destacar que meu patrimônio é absolutamente compatível com uma vida profissional, graças a Deus, muito bem sucedida. Uma vida que não é obra do acaso. Como a imensa maioria dos potiguares e brasileiros que ascenderam socialmente, tive que dedicar-me bastante até chegar onde estou hoje. O que inclui longas jornadas de esforço e até de sacrifício pessoal. Nada nesta vida me veio de graça, nem me foi proporcionado de maneira graciosa ou mesmo ilegal. Nada!", disse Raniere na tribuna da Câmara, contando como aconteceu sua ascenção:

"Muito antes de ingressar na política – o que, aliás, só fiz muito recentemente –, abracei e construí uma trajetória profissional exitosa. Primeiro, como representante local de um grupo multinacional conceituado e respeitado em todo o mundo, a Warner Bros. Com todo o respeito que me merecem os profissionais da área, não fui somente um “vendedor de CDs”, classificação que desafetos pessoais e adversários políticos costumam me atribuir, sempre em tom pejorativo. Dedicado integralmente ao meu ofício, pude ascender na minha antiga empresa e chegar a um nível buscado por muitos, mas aonde poucos conseguem chegar, em função do alto grau de exigência para a função. Certamente, um posto de tanta responsabilidade requer uma remuneração condizente.

Paralelamente à minha atuação como representante da Warner, estudei e me diplomei como Bacharel em Ciências Contábeis. Tenho, assim, uma carreira profissional em um segmento igualmente muito respeitado e que, intimamente, me confere uma enorme realização pessoal. Ao longo de minha trajetória e com o apoio incondicional de minha família, pude abrir uma empresa especializada na área de minha atuação e, posteriormente, construir uma carteira privilegiada de clientes. Privilegiada exatamente por tratar-se de clientes renomados em seus setores".

O vereador disse que prestava assessoria ao colega vereador Hermano Morais, ao deputado federal Rogério Marinho e ao ex-prefeito Carlos Eduardo.
Depois de contar como entrou na política, ele voltou a se referir à colega de plenário.

"Venho aqui rechaçar com a mais absoluta contundência as insinuações maldosas proferidas irresponsavelmente pela vereadora na reunião que agora chegou a conhecimento público.
Tanto rechaço que já orientei meus advogados a adotar as medidas cabíveis para que a vereadora responda pelas suas declarações infelizes em relação à minha pessoa. Sou hoje o maior interessado em ver esclarecida toda a polêmica suscitada pelas afirmações levianas da vereadora.
Adotei essas medidas para preservar o meu maior patrimônio: minha honra e minha dignidade.
Posso garantir que nada cometi em minha passagem pela Prefeitura de Natal ou agora mesmo, pela Câmara, que desabone minha trajetória ou envergonhe as pessoas que acreditam no meu trabalho
", explicou Raniere, aprovando a posição tomada pelo Ministério Público sobre o assunto.

"Aproveito para louvar a iniciativa de instituições como o Ministério Público por ter iniciado procedimentos investigativos no sentido de fazer a apuração com o rigor que o caso exige", encerrou o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.