#JornalismoSemFakeNews

12 de setembro de 2010 às 12:01

Escândalo envolvendo filho de ministra não repercute no eleitorado do Bolsa Família

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A revista Veja traz hoje mais um alento à campanha do presidenciável José Serra.
O filho da ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra, substituta de Dilma
Rousseff na Casa Civil, teria sido flagrado fazendo lobby no governo.Dono da empresa Capital Assessoria e Consultoria, Israel Guerra estaria cobrando "taxa de sucesso" de 6% para intermediar, apressando, negócios de empresas com o governo federal.
Só o empresário Fabio Baracat teria fechado negócio com os Correios no valor de R$ 84 milhões.
Nesse caso, a tal "taxa de sucesso" levaria para os cofres do filho da ministra, cerca de R$ 5 milhões…
Escândalo grande, mas…com a mesma linguagem da quebra de sigilo fiscal.
Alguém aí sabe me dizer, quem, que recebe Bolsa Família, vai saber o que danado é "lobby"?
Ou o que danado é "taxa de sucesso"?
Mais um escândalo grande aos olhos dos que já votam em Serra…e passando batido, muito batido mesmo, aos olhos dos que votam em Dilma.
Mas um escândalo transformado em traque pela turma do Bolsa Família. 
*
Quando que a Educação vai ser prioridade no Brasil?
Enquanto surgirem Bolsas e bolsas…nunquinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.