#JornalismoSemFakeNews

25 de setembro de 2010 às 6:20

Acusado de comparar Rosalba a Fernandinho Beira-Mar, locutor faz campanha para indenizar a candidata

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Autora de algumas ações contra a imprensa mossoroense, a governadorável Rosalba Ciarlini já ganhou um bocado.
"Tentativa de calar a imprensa", dizem alguns representantes da categoria, que acompanharam os episódios ocorridos dos tempos de Rosalba prefeita de Mossoró pra cá.
Um dos processos ainda está tramitando e não teve desfecho: é contra o radialista José Antônio, da Rádio Difusora de Mossoró, que apresenta os programas "Cidade Aflita" e "O Clube dos Cafonas": o primeiro, o de maior audiência da emissora, e o segundo, apresentado só aos sábados.
Nascido em Grossos, o locutor terá que pagar 5 mil reais de indenização à governadorável Rosalba Ciarlini.
Na ação que tramita, Rosalba pede o empenho de um terreno que não mais pertence à rádio, para que o locutor cumpra a sua parte como litisconsorte. A
emissora condenada já pagou a sua parte: entregou à senadora o automóvel Pálio que transportava os repórteres em trabalho. Palio esse que foi parar nas mãos de um vereador…mas aí já é outra ação judicial onde a candidata não foi a autora, e sim a ré….mas ganhou no final.Voltando…

O locutor diz não ter recursos para pagar sua parte como condenado. Eu quero saber o que fiz de mal a essa mulher".
Zé Antônio admite ter criticado a então prefeita Rosalba Ciarlini, mas disse estar cumprindo o seu papel.
"O que houve foi apenas um mal-entendido. Estava tecendo críticas construtivas e pelo bem dos mossoroenses em um bloco. Quando retornou do comercial, fui ler uma matéria sobre Fernandinho Beira-Mar e aí foram dizer que eu estava comparando Rosalba a Fernandinho Beira-Mar. Jamais faria isso"…
A campanha que o radialista diz que fará para arrecadar dinheiro e pagar sua dívida com a governadorável, foi notícia em Mossoró: capa do jornal Gazeta do Oeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.