#JornalismoSemFakeNews

29 de setembro de 2010 às 12:12

Prefeitura mostra que escândalo na Semurb começou em 2004 e lembra Escândalo dos Medicamentos

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

No direito de resposta concedido pela justiça, à prefeita Micarla de Sousa, no programa do governadorável Carlos Eduardo Alves – resposta no programa de rádio, e não de TV como informado anteriormente – a Prefeitura focou a resposta em temas como o Escândalo dos Medicamentos, onde toneladas de remédios foram abandonados até vencer e tiveram que ser jogadas fora…

Na resposta de 1 minuto, o Município rebateu acusações do candidato do PDT, e mostrou que o “esquema” desvendado pelo Ministério Público na Semurb, começou na gestão de Carlos, ainda em 2004, e que a atual gestão colaborou com as investigações do MP.

A resposta da prefeita também relembrou casos polêmicos da gestão de Carlos como "milhões em dívidas deixadas na Prefeitura", a "Maternidade inacabada", o "Parque da Cidade inacabado, faltando 600 itens", o "saque de 20 milhões de reais da Previdência", o "superfaturamento" da reforma do Machadão…

ARQUIVO/MARÇO DE 2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.