#JornalismoSemFakeNews

28 de outubro de 2010 às 22:02

TRE alega falta de provas para livrar de cassação prefeito e vice de Ielmo Marinho

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site do TRE-RN

IELMO MARINHO: RECURSO CONTRA PREFEITO É DESPROVIDO PELA CORTE ELEITORAL

Durante a Sessão Plenária realizada nesta tarde (28), a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte decidiu por unanimidade, conhecer e negar provimento ao recurso interposto contra o prefeito e o vice-prefeito do município de Ielmo Marinho, Germano Jacome Patriota e George Correia.

Nele, a recorrente coligação Liberdade de um Povo pedia a reforma da sentença que julgou improcedente Representação Eleitoral por ela interposta, pedido a cassação dos diplomas dos recorridos, em razão de suposta prática de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico. Segundo os autos, a recorrente alega que os recorridos teriam contratado cerca de 150 táxis para transportar eleitores no dia das eleições municipais de 2008. Teriam ainda oferecido vantagens pecuniárias aos transportados com o propósito de obter-lhes o voto.

O Ministério Público Eleitoral, em seu parecer, opinou pelo conhecimento e improvimento do recurso, em virtude de não haver no processo prova robusta capaz de indicar a compra de votos e potencialidade lesiva do feito.

Em seu voto, a relatora do processo, juíza Lena Rocha, entendeu que não há como reconhecer a prática dos ilícitos apontados nos autos, em virtude da fragilidade do conjunto probatório acostado. Assim, em consonância com o parecer do MPE, votou pelo improvimento do recurso, no que foi seguida à unanimidade pelos seus pares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.