#JornalismoSemFakeNews

5 de novembro de 2010 às 4:15

Iberê e Sandra Rosado integram mesa dos “com mandato” na reunião do PSB

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na lista dos “com mandato”, o governador Iberê Ferreira de Souza e a deputada Sandra Rosado foram os representantes potiguares, na reunião de ontem, do PSB, que entre os temas em discussão, abordou o crescimento do partido.
Crescimento no país, porque no Rio Grande do Norte, o PSB que tinha governador, vice-governador, um federal e 4 estaduais…só conseguiu manter as bancadas de parlamentares, não conseguindo ainda conquistar a vaga pleiteada no Senado.
Da reunião, onde além de Sandra, e dos deputados Larissa Rosado, Márcia Maia, e Gustavo Carvalho, participaram a presidente do PSB-RN, Wilma de Faria, e o vice, governador Iberê Ferreira de Souza, mais o ex-candidato a vice, Vagner Araújo e o secretário do partido, Genildo Pereira, a legenda potiguar entregou ao diretório nacional, um documento com os itens que pretende executar no Rio Grande do Norte, no papel de oposição.
Eis os pontos do documento:

1- Assumir e liderar a oposição (construtiva e equilibrada) ao novo governo estadual do Rio Grande do Norte

2- Compor e manter bloco na Assembléia Legislativa, em aliança com demais partidos que apoiaram as últimas eleições

3- Reestruturar o partido em todos os municípios com vistas às eleições de 2012, e nos segmentos sociais, conforme sua tradição

4- Preparar o partido para disputar as eleições municipais inclusive nas principais cidades do Estado

5- Manter núcleo de estudos e debates em plena atuação como instância regional da ‘Fundação João Mangabeira’

6- Atuar na defesa das bandeiras do partido, sobretudo na discussão e implementação das reformas estruturais e das políticas e programas do novo governo Dilma

7- Apoiar a atividade parlamentar dos deputados e vereadores e as administrações municipais dos prefeitos do partido

8- Colaborar, de maneira mais efetiva e presente, com as atividades do diretório nacional, bem como dos diretórios nos demais estados, inclusive na construção e organização partidária, mediando conflitos, quando necessário, prestando apoio às diversas atividades das regionais em todo o pais, sempre a juízo e por delegação da direção nacional

9- Colaborar e participar do governo Dilma mediante entendimento da direção nacional do partido, sobretudo nas áreas em que tenha relação e importância para o RN – quer seja pelo aspecto geográfico, quer seja por suas atividades, perfil ou vocações sócio-econômicas.
*
E a reunião terminou sem se falar em nomes que poderão ser indicados para compor o governo Dilma.
Mas…todos estavam lá.
E quem não é visto, não é lembrado.

                                                           Iberê e Sandra: os mandatos na mesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.