#JornalismoSemFakeNews

13 de julho de 2011 às 19:23

Deputada Fátima Bezerra divulga nota de pesar pela morte da professora Fernanda Jalles

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada Fátima Bezerra, depois de pedir um minuto de silêncio na tribuna da Câmara, pela morte de 16 pessoas no acidente aéreo ocorrido hoje em Recife, citou a professora Antônia Fernada Jalles como uma militante atuante e pessoa responsável pelo sucesso da educação infantil em Natal.
Agora há pouco o gabinete da deputada divulgou nota de pesar pela morte de Fernanda. 

Nota de pesar

Hoje a educação pública do país perdeu Fernanda Jales, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e uma das grandes responsáveis pelo reconhecido e respeitado trabalho que o Núcleo de Educação Infantil vem desenvolvendo com seus alunos.
Fernanda lutou de maneira apaixonada em defesa da educação pública. Compartilhou conosco os sonhos mais generosos, como o de conquistarmos uma escola inclusiva e de qualidade, onde nossas crianças, jovens e adultos tivessem assegurado seu direto à formação para a vida e para o trabalho.

Pela sensibilidade e profundidade com que vinha se dedicando à Educação Infantil, Fernando Jales havia sido escolhida pelo Ministério da Educação para coordenar, na região Nordeste, o Programa de Formação Inicial para Professor em Exercício na Educação Infantil, o Pró-Infantil. Ela também era reconhecida pelas pesquisas de extensão que desenvolvia na área, na formação de professores e participação nos Fóruns de Educação Infantil.

As crianças do Núcleo de Educação Infantil perderam a destemida e combatente defensora de um novo e respeitoso olhar para o período que é o ponto partida da boa aprendizagem. O NEI não seria o que é – e as crianças que ali estudam ou estudaram não seriam o que são – não fosse a luta incessante de Fernanda Jales. Era uma militante cordata, generosa, coerente e firme nos propósitos que defendia. O Fundeb tem a marca dela.

Quanto a mim, há um sentimento de perda que vai além da esfera pública. Aquele que considera não apenas a militante, mas a pessoa querida. Aquele que significa afeto, carinho, consideração e amizade.
A sua falta, ao contrário de arrefecer nossa militância, nos dá mais fôlego para continuarmos lutando em defesa da educação pública de qualidade para todos os brasileiros, a começar dos mais pequenos, sonho maior da nossa Fernanda Jales.

Fátima Bezerra
Deputada federal pelo PT do Rio Grande do Norte e presidenta da Comissão de Educação e Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Perfil