#JornalismoSemFakeNews

1 de dezembro de 2011 às 20:00

Procuradoria do TRE mostra quem pode perder o mandato porque trocou de partido

[5] Comentários | Deixe seu comentário.

Os infiéis que se cuidem…e comecem a rezar

A Procuradoria Regional Eleitoral do RN ajuizou mais 57 ações por desfiliação sem justa causa. São 45 vereadores, 4 prefeitos e 8 vice-prefeitos do interior do Estado que podem perder seus cargos.

Os prefeitos de Passa e Fica, Lajes, Pilões e de Almino Afonso são os quatro gestores que correm risco de perder mandato em razão da infidelidade partidária. Em Almino Afonso e Pilões, os vice-prefeitos também respondem por desfiliação sem justa causa.

De acordo com a PRE, a legislação eleitoral prevê hipóteses excepcionais em casos onde a desfiliação partidária não acarreta a perda do mandato, tais como a grave discriminação pessoal, além da incorporação, fusão ou criação de novo partido, ou ainda por mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário.

Para a PRE/RN, os políticos que respondem às referidas ações deixaram os partidos através dos quais foram eleitos sem, no entanto, comprovar a existência de qualquer fato que se enquadre nas hipóteses de justa causa.
No total, a infidelidade partidária já motivou 63 ações, submetidas à análise da Justiça Eleitoral potiguar.

Confira a lista dos políticos alvo das ações ajuizadas até o momento.

Caraúbas – o prefeito Ademar Ferreira da Silva e vereador Francisco de Assis Batista. Ambos deixaram o PSB sem justa causa.

Tibau do Sul – o prefeito Edmilson Inácio da Silva e os vereadores Wlademir Carlos da Silva e Paulo de Lima Ferreira deixaram o PDT.

Areia Branca – o vereador José Nazareno de Lemos saiu do PP.

Currais Novos – a vice-prefeita Milena Galvão F. de Souza deixou o PP.

Mossoró – Os vereadores Claudionor Antônio dos Santos (desfiliou-se do PDT), Maria Auxiliadora do Nascimento e Flávio Tácito da S. Vieira, deixaram o PSL.

Pilões – O prefeito Francisco das Chagas de Oliveira Silva saiu do PR, o vice Raimundo Reinaldo de Oliveira deixou o PSDB, e os vereadores Maria Vicente de Sousa Paiva (saiu do PTB), e Risonaldo de Oliveira
Monteiro, deixou o PSDB.

São Rafael – O vereador Wagner Moura Brito saiu do PMN.

Lagoa D’Anta – a vereadora Valdira Lopes Bezerril Campos saiu do PMDB.

Almino Afonso – O prefeito Lawrence Carlos Amorim de Araújo e o vice Isauro Maia Fernandes se desfiliaram do PP. Assim como os vereadores Jorge Batista Torres, Metuzael F. da Silva e Francisco das Chagas Carlos.

João Dias – O vice-prefeito Sebastião M. O. Sobrinho deixou o PP.

Ceará-Mirim – Os vereadores Renato Pereira Coutinho (deixou o PP) e Ronaldo Marques Rodrigues, saiu do PMDB.

Doutor Severiano – O vice-prefeito João Antônio Dantas Filho e o vereador José Nilton de Souza se desfiliaram do PTB e a vereadora Maria Lobo da Cunha Gonçalves deixou o PSB.

Boa Saúde –  O vereador Jaime Antônio Félix saiu do PMDB e o vice-prefeito Pedro Francisco dos Santos se desfiliou do PR.

Passa e Fica – o prefeito Pedro Augusto Lisboa se desfiliou do PP.

Felipe Guerra – o vereador José Wandilson Oliveira saiu do
PMDB.

Itaú – O vereador Antônio Dias Pinheiro se desfiliou-se do PR.

Jardim de Piranhas – Os vereadores Otoniel Rodrigues da Silva, Rosimira A. dos Santos, João Dantas Saraiva e Francisco Júnior Alves, se desfiliaram, em bloco, do PDT.

Caicó – Os vereadores Dilson Freitas Fontes (saiu do PDT), Milton Teixeira Batista, Nildson Medeiros Dantas, Valdemar Araújo Medeiros
(deixaram o PR).

Monte das Gameleiras – O vereador José Gilvanilson Rodrigues Felix
se desfiliou do PPS.

São José do Campestre – Os vereadores Maria de Fátima Bernardo Chagas e José André de Mendonça se desfiliaram do PSDB.

Ouro Branco – O vereador Iranildo Alcântara de Souto deixou o PMDB.

Serra Caiada – A vereadora Ana Angélica Azevedo deixou o PDT.

Parnamirim – O vice-prefeito Epifânio Bezerra de Lima saiu do PMDB.

Coronel Ezequiel – O vereador Ivan de Araújo Pereira se desfiliou do
PMDB.

Jaçanã – O vereador José Gelzo N. dos Santos saiu do PTB.

Extremoz – O vereador Jaeusdes José Xavier de Lima saiu do PSDB.

Macau – Os vereadores Odete Lopes (saiu do PPS) e José Severiano Bezerra Filho (do PP).

Lajes – O prefeito Luiz Benes Leocádio de Araújo deixou o PP.

Angicos – O vereador Francisco Batista Filho saiu do PMDB.

Fernando Pedroza – O vereador Francimário de Souza Araújo se desfiliou do PMDB.

Santana do Matos – O vereador João Maria Cadó de Macedo desfiliou-se do PMDB.

Venha Ver – O vice-prefeito Ellan Klayton Fernandes Salviano deixou o PR.

Apodi – O vereador Antônio Ângelo de Souza Suassuna saiu do PP.

Severiano Melo – O vereador Francisco Getúlio de Oliveira Andrade se desfiliou do PSL.

Serra do Mel – O vereador José Elpídio de M. Filho deixou o PT.

Olho D’Água do Borges – A vereadora Célia Maria Morais saiu do PPS.

Bento Fernandes – O vereador Paulo Cesar M. Fonseca saiu do PSB.

Lagoa Nova – Os vereadores Luciano Silva Santos (saiu do PP) e Aldo Torquato da Silva (do PPS).

Do Blog – Dos 57 detentores de mandatos que deixaram os partidos pelos quais foram eleitos…apenas um abandonou o PT da presidente Dilma…

O partido que mais perdeu filiado com mandato foi o PP (saíram 14), seguido do PMDB e PDT, empatados com 10 perdas.

5 respostas para “Procuradoria do TRE mostra quem pode perder o mandato porque trocou de partido”

  1. Eleitor de Lagoa de Velhos disse:

    Aqui em Lagoa de Velhos tambem houve troca de partido, os vereadores Leandro Carvalho e Eliana Carla que faziam parte do PDT mudaram para o PT, inclusive a suplente de Vereador Luciene Ferreira entrou com ação na justiça questionando o mandato do Vereador Leandro Carvalho, agora é esperar e ver no que vai dar. Acorda MP/RN …

  2. Francisco dantas disse:

    Que o ministério púlblico tome realmente as providência e acabe de vez com essa farra e moralize esse tipo de politicos, ursupadores de partidos e assim
    eles passem, a ter mais respeito com a justiça.

  3. edmilson lima disse:

    Em Vera Cruz a vereadora Marileide Tavares esposa do ex prefeito dr. Tavares saiu do PHS.

  4. Eleitor natalense disse:

    Faltou na lista o vereador Heráclito Nóe que trocou o PPS…deveria se encontrar na lista dos politícos que respondem por infidelidade partidária.Fica de olho MP.

  5. Reflexão da política natalense disse:

    É muito interessante mesmo. Nóe que era da oposição futuramente no gabinete da prefeita? Além disso, a informação de que Jácome deve asumir encontra-se equivocada, pois o vereador Nóe deve responder por crime de infidelidade partidária, por ter saído do PPS sem justificativa e já deveria ter perdido o mandato há alguns meses! Que justiça é esta na Câmara de Natal? Cadê o Ministério Público e a Justiça eleitoral?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.