Thaisa Galvão

7 de fevereiro de 2012 às 10:00

Via perigosa é sinalizada, mas motoristas não identificam o alerta [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog publicou o acidente – como sendo mais um – ocorrido na rua manoel Vilar, na lateral da Ponta Negra Veículos (avenida Roberto Freire), onde moradores da região reclamam da falta de sinalização para identificar que a via de mão e contramão, não é única como muitos motoristas imaginam, daí os acidentes.

Ontem resolvi passar por lá com olhar mais atento.

E lá está a sinalização.

Tímida. Tanto que eu sempre passo na rua e só ontem vi…

A plaquinha pregada no poste mostra aos motoristas que a mão, assim como eles pensam, não é única…ainda.

Já está provado que a plaquinha não é suficiente e a atenção dos motoristas, mais insuficiente ainda…

Uma dica para a Semob: quem sabe a sinalização horizontal – pista pintada – funcione melhor ali…

Veja a plaquinha no poste à direita (Fotos: Thaisa Galvão)

Via à esquerda: utilização irregular

 

2 respostas para “Via perigosa é sinalizada, mas motoristas não identificam o alerta”

  1. 007 disse:

    ALERTAAAAAAA!!!!!!!!! naõ só isso ,faz um alerta ao ministério publico ,cobrando segurança ,pois agora é por minuto os assaltos poderá ser vç,seu carro,sua casa,seu comercio; chamamos isso de roleta RUSSA OU CAOS!!!!,o comandante diz que é migração do crime eu digo é falta de efetivo policial em todas as areas. estaõ tapando sol com peneira.

  2. Evandro Henrique disse:

    A questão da Rua Manoel Vilar, sinceramente, não tem relação com a sinalização. Os motoristas que utilizam aquela via, na sua grande maioria, a utilizam rotineiramente, sabem que não é de mão única. O que acontece é que, na ânsia de “chegar primeiro”, os “espertos” começam a utilizar a contra-mão já na praça do Conjunto dos Professores, iIgnorando os que precisam utilizar a via no sentido contrário. Motoristas de ônibus e taxistas são os principais infratores. Ora, os motoristas de ônibus utilizam a via várias vezes por dia, portanto, mesmo que faltasse sinalização, o fato não se justificaria. A pergunta é: A fiscalização de trânsito não sabe que isto acontece todos os dias? Eu respondo: SABE SIM! Como também sabe dos locais onde motoristas estacionam nas calçadas, nas esquinas, ao lado ou sobre os canteiros centrais. O problema é que dá muito mais IBOPE fazer blitz da lei seca (muito importante por sinal). O governo do estado “ganha” muito mais atenção, fazendo uma campanha publicitária caríssima, para divulgar uma tal de operação verão que, em tese, fiscalizaria também, o uso indevido de automóveis nas praias. O engraçado é que, todo fim de semana, ao menos nas praias que frequento (Jacumã, Porto Mirim e Muriú) o desfile de carros 4×4, buggys e quadriciclos impressiona (estou enviando fotos do último fim de semana para o seu e-mail). Enfim, é necessário que se tenha SERIEDADE na fiscalização de trânsito em nossa cidade. Se motoristas infrigem leis, que sejam multados exemplarmente. Ou tem outro jeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.