Thaisa Galvão

11 de novembro de 2012 às 23:00

Pirangi: trânsito desafogado só na volta do litoral [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Já que entra ano e sai ano, entra governo e sai governo, e o maior cajueiro do mundo vai ficando cada vez maior…e ninguém faz nada para desafogar o trânsito congestionado pelos galhos que invadiram as vias públicas….eis que a Associação dos Moradores de Pirangi do Norte resolveu dar um jeitinho.

E projetou um caramanchão para levantar os galhos que estão na via por onde passam os carros.

Por enquanto, esse verão, a solução é só para quem volta da praia.

Previsão ainda de muitos congestionamentos para quem vai.

Os galhos foram levantados e o caramanchão quase pronto: 70% da obra concluída.

Cabe ao DER finalizar o serviço de acabamento das calçadas.

A suspensão dos galhos está sendo acompanhada por técnicos do Idema, agrônomos e biólogos.

Solução para quem volta da praia

11 de novembro de 2012 às 12:07

Vida longa para Madre Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na missa celebrada nesta manhã na Igreja do Galo, em Natal, o padre se referiu, duas vezes, à morte de Madre Alves, ocorrida ontem.

Primeiro, quando foram encaminhadas as orações..

E no final da missa, repetiu o pedido de orações para Madre Alves…

Bastou isso para o Blog receber ligações, mensagens…informando sobre o assunto.

Dúvida tirada…

Pelo ministro Garibaldi Alves, afirmando que a religiosa que faleceu foi Irmã Jesus, e que, inclusive, já foi sepultada na manhã de hoje.

Também pelo jornalista José Wilde, de Brasília, que checou com familiares, e informou que a religiosa que morreu foi Irmã Jesus, assim como Madre Alves, freira antiga do Colégio Imaculada Conceição.

Depois de esclarecida a dúvida, vida longa à Madre Alves, tia do ministro Garibaldi e do prefeito eleito Carlos Eduardo.

Madre Alves torcendo na campanha do prefeito eleito, o sobrinho Carlos Eduardo

 

 

11 de novembro de 2012 às 10:00

A ajuda do governo Rosalba para a gestão-meteórica de Paulinho Freire [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que rendeu da conversa do prefeito Paulinho Freire com os deputados Henrique Alves (PMDB) e Fátima Bezerra (PT)?

Mais com Henrique, claro…

Da dívida que o Estado tem com o Município de Natal, ficou acertado que a governadora Rosalba Ciarlini quitará parte dela.

Um valor estimado em 10 milhões de reais.

Valor que ajudará Paulinho a sair da crise dos últimos dias…e pelo menos deixar a Prefeitura, no dia 17 de dezembro, quando for diplomado vereador eleito, com algumas questões financeiras resolvidas.

 

Pelo menos a promessa…tem.

11 de novembro de 2012 às 9:54

Ventos do governo continuam soprando para o ex-secretário Benito Gama [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog informou, e os ventos continuarão soprando muuuito…mesmo exonerado, o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado não sairá do cenário…

Na sexta-feira ele acompanhou a governadora Rosalba Ciarlini `reunião da Sudene com presença da presidente Dilma Rousseff.

De fato e de direito, o acompanhante deveria ter sido o novo secretário, mesmo interino, Sílvio Torquato.

Benito Gama, de fato e de direito, não passa de um personagem político, e não mais administrativo.

A não ser que a governadora Rosalba tenha lhe oferecido uma carona no avião do governo para Benito ir tratar com Dilma sobre a posição nacional do PTB em relação ao Planalto.

Só pode ter sido.

Como vaidade ultrapassa regras, o próprio Benito fez questão de publicizar o que pode ser…ilegal.

Do instagram de Benito Gama: com Dilma e Rosalba

 

 

 

11 de novembro de 2012 às 9:37

Médico reafirma que descaso no Walfredo é culpa de ‘má-gestão’ de Secretaria e Governadoria [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Do médico Sebastião Paulino, que denunciou a falta de reagente para pacientes dependentes de alimentação parenteral no Walfredo Gurgel, e a falta de seringas de 20 miligramas para aplicação de contraste na realização de tomografia computadorizada…criticando a má-gestão por parte da Secretaria de Saúde e da Governadoria…

Em resposta ao comentário do Blog, que atribuiu o fato à direção do hospital, que é quem planeja e acompanha tudo de perto:

 

Cara Thaisa Galvão, meu respeito!
É notório e do conhecimento público a inoperância de alguns atores do Cenário Político, especialmente no que diz respeito à Saúde Pública. Li o seu comentário e até admito que tudo é possível. No entanto, por já ter ocupado aquele cargo (diretor do WG) por quatro longos anos, aprendi que nos momentos de dificuldades, a primeira atitude do Gestor da Unidade é lançar mão de expedientes administrativos para informar aos superiores as suas dificuldades e necessidades.

 

Como conheço a Diretora Geral, Doutora Fátima, estou cônscio de sua competência e qualificação técnica. Não acredito que a referida autoridade tenha deixado de informar aos seus superiores as dificuldades e iminentes “faltas de medicamentos” da sexta-feira última. Sei também que todos estão cientes de que ainda vivemos um momento de “Calamidade Pública”, situação assumida pela própria Chefe do Executivo Estadual. Portanto, a situação da saúde atingiu o descalabro, faz tempo.

 

Como Médico Intensivista, exercendo minhas atividades em Unidades de Terapia Intensiva, sou testemunha presencial do que afirmo. São vidas que se vão, por entre minhas mãos, por causas evitáveis. Não consigo ficar indiferente…

 

Minha capacidade de indignação ainda não arrefeceu. Enquanto me restar um resquício de voz, gritarei… O meu pedido de socorro encontrará eco, ainda que não surta efeito.

Não sou filiado político de partido algum, nem pouso de Sindicalista. Todos têm o meu respeito.

A minha atitude tem um objetivo: “A prática de uma Medicina, no mínimo, razoável”.

Preservar a vida e atenuar o sofrimento humano tornou-se a minha incessante luta. Não bastante tanto, não posso esquecer que somos usuários em potencial do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

Pelo Amor de Deus, quando for preciso, “LEVEM-ME PARA O WALFREDO”.

Uma vez mais, acolha o meu respeito!

Obrigado.

Sebastião Paulino