#JornalismoSemFakeNews

6 de dezembro de 2012 às 10:02

Produtor rural pede que o governo não crie taxas em pleno ano de seca

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

De um produtor do interior do Rio Grande do Norte, que se identifica ao Blog, mas pede para não ter o nome exposto, temendo sofrer represália por parte do governo:

 

Cara Thaisa

O Brasil não tem jeito mesmo. Em plena seca dessas que afeta o nosso estado, onde o gado está morrendo de fome, os pecuaristas sem dinheiro para comprar ração, o Governo manda um projeto de Lei cobrando mais tributos para atividade rural, onde já existe essa carga tributária corrosiva.

É para acabar de matar com os pobres sofridos nordestinos do Semi árido.

Pior, não posso nem me identificar, pois se esse povo do Idiarn, que está louco por essas taxas, identificar os produtores que estão se manifestando, vão perseguir.

Por isso peça , se possível para fazer esse comentário, pois o momento é de penúria no meio rural, inclusive você que é oriunda do interior, sabe as dificuldades que o homem do campo está passando.

Pelo amor de Deus, isso não é hora de criar mais tributo.

Aproveitando, desejo-lhe Um Feliz Natal e um Ano de 2013 de muito sucesso para toda família.

Um abraço

 

Uma resposta para “Produtor rural pede que o governo não crie taxas em pleno ano de seca”

  1. Gilberto Silva disse:

    Veja bem irei me identificar e mostrar a minha preocupação em relação a cobrança dessas taxas consideradas fora da realidade, principalmente para os pequenos criadores de animais, que atuam em regime de economia familiar. Esses sofridos agricultores e criadores precisam de melhores incentivos, totalmente ao contrário do que o Governo do Estado está fazendo. Isso é uma vergonha.
    Gilberto Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Perfil