Thaisa Galvão

22 de março de 2013 às 11:59

Discurso de Garibaldi na Câmara deixa no ar a candidatura de Henrique a governador [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro Garibaldi Filho, em seu discurso agora, na Câmara Municipal de Natal, ressaltou a valentia do PMDB.

Mandou recados:

“O PMDB tem que ser valente agora. Continuar a escrever sua história”.

E fez muitas referências ao deputado-presidente Henrique Alves, como herdeiro do homem que “reacendeu a chama do PMDB no Rio Grande do Norte com valentia, Aluízio Alves”.

“O herdeiro de Aluízio chama-se Henrique Eduardo Alves. E logo vamos ver Henrique desembarcando aqui como presidente da República. E não está longe essa data”, disse Garibaldi, que num discurso ora emocionado, ora engraçado, disse não se arrepender de ter doado toda sua vida à política do RN.

 

Falando muito sobre Henrique, disse que ele iria discursar falando em números, em obras…

E disse que “o PMDB tem condições hoje de disputar todos os cargos que desejar disputar”…

Deixando nas mãos de Henrique o Senado ou o governo em 2014…

“Deixando a modéstia de lado, eu e Henrique reerguemos o PMDB no Rio Grande do Norte”…

E terminou o discurso afirmando que tem uma ambição: “Que Walter continue na vida pública”.

Mas, deixando claro, que não é o que as pessoas estão dizendo.

Traduzindo: Waltinho, o filho deputado, não será candidato a governador.

O homem que fala em números e obras é quem deverá ser: o deputado Henrique Alves.

Uma resposta para “Discurso de Garibaldi na Câmara deixa no ar a candidatura de Henrique a governador”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.