Thaisa Galvão

30 de abril de 2013 às 9:05

Gilmar Mendes mantém decisão que impede Congresso de proibir criação de novos partidos mas levará caso a plenário [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna Painel, na Folha de S. Paulo de hoje:

 

No primeiro round, ontem à tarde, os presidentes do Congresso, Renan Calheiros, e da Câmara, Henrique Alves, chegaram juntos e iguais.

Abotoando os paletós.

 

A trégua entre Legislativo e Judiciário foi sinalizada.

O ministro do STF, Gilmar Mendes, que recebeu os dois políticos, disse que vai manter a decisão que suspende a tramitação de projetos que impedem a criação de novos partidos. Mas prometeu avaliar a decisão em plenário, e o mais rápido possível.

Mendes continua achando que o projeto é manobra para prejudicar candidaturas e favorecer a reeleição da presidente Dilma.

A próxima reunião já está agendada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*