Thaisa Galvão

20 de julho de 2013 às 13:49

Lula, Wilma, Garibaldi….e o perigo da volta [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O tempo passa, e tudo muda.

Engana-se quem acha que, fracassando o projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula será a solução para o PT permanecer no poder.

Lula sabe que o tempo de hoje não é o tempo dele.

Os aliados, me refiro aos aliados-amigos, que estão com ele neste momento onde todos procuram, mas ninguém consegue achá-lo, ouvem dele…e também o aconselham: uma candidatura dele sucedendo Dilma, terá o peso do desgaste do atual governo.

Não dá pra dizer que uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa.

Portanto, Lula não será candidato.

 

 

Por aqui, o clima é o mesmo.

A vice-prefeita de Natal, e ex-governadora Wilma de Faria, que está nas ruas tentando viabilizar sua candidatura à deputada federal – quem sabe, senadora – tem sido assediada para disputar o governo.

As pesquisas apontam favoritismo de Wilma.

Mas ela, que já governou o Rio Grande do Norte por 2 mandatos, e a capital do RN por três, sabe que ser governadora hoje não será a mesma coisa do que foi ontem.

Wilma passou longe das redes sociais, e agora assiste a versão atualizada das redes: o povo nas ruas.

E tira a conclusão que não será fácil, por mais favoritismo que pareça ter.

Pode até ganhar no primeiro turno, mas a fatura chega a galopes.

 

 

O ministro Garibaldi Filho foi prefeito de Natal uma vez e governador do Rio Grande do Norte duas.

Nos tempos das vacas gordas.

Agora Garibaldi sabe que o mar não está pra peixe, por mais aliado que seja do Planalto.

Se já não queria, depois de ver o Brasil nas ruas, é que não quer mesmo.

Certeza, mais do que atestada, que não governaria como governou.

 

 

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, que foi…e voltou a administrar a capital potiguar, ainda está em lua de mel com a população.

Quase…

Já foi espinafrado nas redes sociais, já sentiu o clima de protestos na frente da Prefeitura.

Mas, tudo ainda num clima bem mais leve do que enfrenta hoje, por exemplo, a presidente Dilma Rousseff, a governadora Rosalba Ciarlini.

Carlos Eduardo voltou…e já começa a ver que a coisa não é bem como foi nas suas duas gestões – uma completa e a outra de dois anos.

 

 

Portanto, a hora parece ser de nome novo…

De certo, até agora, em nível local, está no ar o projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini.

E pela oposição, a candidatura do vice-governador Robinson Faria.

Pelo clima do povo na rua…quem mais aparecer, poderá ser bem-vindo.

20 de julho de 2013 às 12:50

Já casados, deputado Felipe Maia e Natália Lagreca festejam hoje com amigos e familiares [0] Comentários | Deixe seu comentário.

É hoje que o casal – já casado no religioso e civil – deputado federal Felipe Maia e Natália Lagreca, recebe os amigos para festejar.

Os casados fecharam, por um preço de pacote-camarada, 40 apartamentos do Txai Resort, na praia de Itacaré, litoral baiano, e no clima de cada um paga sua conta, fizeram os convites.

Familiares e amigos mais íntimos.

Por conta dos noivos-casados, a festa, marcada para hoje.

20 de julho de 2013 às 12:06

Papa Francisco começa a se comunicar com os brasileiros pelo twitter [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Papa Francisco, que chega ao Rio de Janeiro na segunda-feira, já começou a se comunicar com os brasileiros.

Internauta, desde ontem o Papa manda mensagens através de seu perfil no twitter.

 

Mensagem de ontem:

Papa Francisco ‏@Pontifex_pt – Jovens amigos, tantos de vocês já chegaram ao Rio e muitos outros estão chegando nestas horas. Faltam apenas três dias para nos vermos.
Mensagem de hoje:
Papa Francisco ‏@Pontifex_pt – Queridos jovens! Sei que muitos de vocês ainda estão viajando para o Rio. Que o Senhor lhes acompanhe ao longo da viagem!

20 de julho de 2013 às 9:03

Bandidos armados assaltam lotérica na Ayrton Senna [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do leitor Laélio Costa, pelo twitter:

 

@LaelioC: @thaisagalvao URGENTE: Homens armados acabam de assaltar lotérica localizada no SuperCoop da av. Ayrton Senna, em Nova Parnamirim.

20 de julho de 2013 às 8:54

Guarda Municipal da Câmara não morreu como publicou portal UOL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não é verddeira a notícia publicada no portal UOL e replicada no twitter @uol_noticias sobre a morte, de infarfo fulminante, de um guarda municipal da Câmara Municipal de Natal, durante o protesto de ontem à noite.

O guarda que passou mal e foi socorrido em uma ambulância do SAMU,  se chama Getúlio Rodrigues,.

Ele passou a noite no hospital e recebeu alta hoje, às 7 horas.

Está em casa, vivinho pra contar a hostória.

Vida longa para o Guarda Getúlio.

20 de julho de 2013 às 6:26

OAB repudia ataques de vandalismo [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de repudiar através de nota, a ação da Guarda Policial, que usou de força para retirar manifestantes de dentro da Câmara Municipal, a OAB do RN volta a se pronunciar…

Dessa vez para repudiar a ação de vândalos infiltrados no movimento #RevoltadoButsão Nesta sexta-feira.

Eis a nota:

 

 

NOTA DE REPÚDIO

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Rio Grande do Norte (OAB/RN), por intermédio de sua Diretoria, vem a público externar absoluto repúdio aos atos de violência praticados no transcorrer da manifestação realizada hoje em Natal.

 

Ao recriminar a arbitrariedade estatal, ocorrida ontem na Câmara Municipal de Natal, contra manifestantes que estavam, pacificamente, reivindicando o amplo debate sobre transporte público e mobilidade urbana, a OAB/RN reafirma seu compromisso com a defesa intransigente da ordem democrática.

 

Nesse contexto, a OAB/RN, ao advogar o exercício do direito constitucional de liberdade de expressão e de imprensa, rechaça os atos e as condutas que violem a integridade do ser humano e do patrimônio público e privado.

 

Sendo assim, a OAB/RN condena todo e qualquer ato de violência perpetrado em desacordo com a ordem constitucional e defende a identificação e responsabilização das pessoas que tenham praticado delitos durante as manifestações de ontem e de hoje.

 

Natal, 19 de julho de 2013.

Ordem dos Advogados do Brasil

Seccional Rio Grande do Norte

20 de julho de 2013 às 6:21

Wilma de Faria é recebida em Cruzeta como candidata à governadora [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi como candidata à governadora que a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, foi recebida pelo ex-prefeito de Cruzeta, Sally Medeiros, e pelo ex-candidato a prefeito, Medeirinhos.

Wilma, que estava em Caicó, onde participou da cerimônia de abertura da Festa de Santana, foi almoçar na fazenda de Medeirinho, que disputou, sem sucesso, a Prefeitura de Cruzeta pelo PR.

Mais de 200 pessoas estavam na fazenda para receber Wilma, que chegou acompanhada da filha deputada Márcia maia.

Outro deputado presente ao almoço foi Ezequiel Ferreira de Souza.

Entre os convidados para o almoço, alguns com adesivos de campanhas da ex-governadora.

Na tarde de lançamento de candidatura, Sally Medeiros fez discurso apelando para Wilma voltar ao governo.

Wilma recebida em clima de lançamento de candidatura

 

O discurso do deputado Ezequiel...

Wilma chegou com a deputada Márcia Maia

Adesivado na torcida pela volta de Wilma

 

 

 

 

 

20 de julho de 2013 às 5:28

Em nota, Governo diz que não é verdade que salários irão atrasar [5] Comentários | Deixe seu comentário.

Para o Governo do Rio Grande do Norte, não passa de boato a informação divulgada nesta sexta-feira, dando conta que o Estado irá atrasar o pagamento dos servidores públicos estaduais.

Eis a nota emitida pela assessoria da governadora Rosalba Ciarlini.

 

Nota

 

1 – Não é verdade que o Governo do Estado vá atrasar o pagamento dos  salários do funcionalismo neste mês de julho, apesar das dificuldades impostas pela queda das transferências federais, principalmente por conta da redução dos repasses do Fundo de Participação dos Estados – FPE. Somente no primeiro semestre deste ano, a frustração financeira foi de R$ 219 milhões. A arrecadação do ICMS apresenta o mesmo comportamento.

 

2 – O Governo vem, há muito tempo, falando da frustração de receita, situação que atinge a todos os Estados e Municípios brasileiros.

 

3 – Não é verdade que o Governo vá decretar moratória, como foi noticiado pelas mídias impressa e sociais.

 

4 – Não é verdade que tenha ocorrido reunião, na tarde desta sexta-feira, entre Secretários de Estado e representantes dos três Poderes, do  Tribunal de Contas e do Ministério Público Estadual.

20 de julho de 2013 às 5:20

João Maia atesta que apartamento que vendeu à ex de Henrique consta de seu imposto de renda: ‘disponível para quem quiser consultá-lo’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal João Maia, que vendeu um apartamento à ex-mulher do deputado Henrique Alves, e segundo o próprio, registrou em seu imposto de renda, emitiu nota após ter o nome exposto em reportagem da Folha.

João também foi procurado pela revista Veja, para onde enviou cópia de sua última declaração do imposto de renda, constando a venda do imóvel.

Eis a nota:

 

Nota

 

1 – Comprei sem acabamento um apartamento da Delphi Engenharia no Condomínio Aldebaran, em Natal, conforme declarado no meu Imposto de Renda, que está disponível para quem quiser consultá-lo.

 

2 – A ideia original era concluir o acabamento e residir no imóvel, que não foi aprovado pela minha família.

 

3 – Vendi o apartamento, conforme declarado no meu Imposto de Renda, a Priscila Gimenez, com a interveniência de Henrique Alves. O valor da transação foi de 1 milhão de reais, sendo pago 500 mil e o restante a ser quitado no ano de 2013. Tudo às claras, conforme declarado no Imposto de Renda.

 

4 – Minha relação com a compradora ou com Henrique, da mais completa confiança, não me permite discutir de que forma o restante do pagamento pelo imóvel será concluído.

 

João da Silva Maia

Deputado Federal pelo RN

20 de julho de 2013 às 5:14

Apesar do segredo de justiça, Folha apura que dinheiro roubado de assessor de Henrique seria para pagar imóvel [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo:

 

Polícia blinda inquérito sobre roubo a assessor de deputado

ANDRÉIA SADI
DO PAINEL, EM BRASÍLIA
VERA MAGALHÃES
EDITORA DO PAINEL

 

Os R$ 100 mil em espécie roubados em junho de um assessor do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), seriam usados para saldar parte da compra de um apartamento pelo deputado, por R$ 1 milhão.

Em entrevista à Folha nesta semana, Alves admitiu que o dinheiro roubado de Wellington Ferreira da Costa em 13 de junho, em Brasília, era seu, proveniente de um empréstimo do Banco do Brasil.

Ele afirmou que o dinheiro seria usado para compromissos pessoais e não quis entrar em detalhes sobre a destinação (leia texto nesta página).

 

 

O inquérito instaurado na Polícia Civil de Brasília corre em segredo. Passado mais de um mês do roubo, o boletim de ocorrência e os depoimentos não podem ser consultados na Delegacia de Repressão de Roubos e Furtos da Polícia Civil do Distrito Federal.

Segundo a Folha apurou na delegacia, não é normal haver sigilo em casos de roubo, a não ser que haja pedido feito por alguma autoridade. O delegado do caso, Fernando César Costa, recebeu ordens expressas para não falar sobre o caso. Ele está em férias e, nas palavras de um integrante da polícia, “colocou o caso debaixo do braço”.

O assalto sofrido por Wellington aconteceu no Setor de Clubes Sul, na capital federal. Segundo o relato do assessor parlamentar, dois assaltantes bateram em seu carro, se identificaram como policiais civis e levaram, além de uma maleta com o dinheiro, um telefone e um tablet, que foram descartados depois.

O dinheiro fora sacado dois dias antes no Banco do Brasil, onde Alves contraiu empréstimo para amortizar a compra de um apartamento na avenida Beira-Mar, em Natal, adquirido do também deputado João Maia (PR-RN).

À Folha Maia confirmou a venda do imóvel, no ano passado. Segundo o deputado, Alves lhe deu R$ 500 mil à vista e ficou de pagar outros R$ 500 mil em parcelas.

Os R$ 100 mil extraviados seriam a primeira dessas amortizações. “A venda está, inclusive, registrada no meu Imposto de Renda, com os valores e tudo. Ele havia combinado de me pagar, mas houve esse problema”, afirmou ele ontem, por telefone.

O imóvel é ocupado pela ex-mulher de Alves, Priscila Gimenez, que não quis se manifestar sobre o assunto.

 

 

OUTRO LADO

O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), disse em entrevista à Folha e ao UOL na última quarta-feira que os R$ 100 mil roubados de seu assessor Wellington Ferreira da Costa eram seus, fruto de um empréstimo contraído junto ao Banco do Brasil dois dias antes.

“É um assunto privado, particular, um dinheiro que era meu, tenho como provar. Fiz um empréstimo de R$ 100 mil. Dinheiro meu, que estava sendo conduzido.”

 

 

Alves afirmou ainda que espera a conclusão do inquérito para “apurar as responsabilidades” pelo assalto.

Questionado sobre por que não fez uma transferência bancária, disse que era “direito” seu fazer o pagamento em espécie, e não quis informar a destinação do recurso. “Nem precisava, né? É um direito que é meu. É um pouco de invasão de privacidade.”

Folha enviou uma série de perguntas por escrito à assessoria de imprensa da presidência da Câmara sobre a destinação do empréstimo e a compra do apartamento em Natal do também deputado João Maia (PR-RN).

A assessoria da presidência respondeu, por e-mail, que “a ocorrência está sob investigação da Polícia Civil do Distrito Federal”. “Todas as informações foram prestadas às autoridades competentes. O presidente da Câmara dos Deputados aguarda a conclusão dos trabalhos da polícia”, diz o texto da nota.

O deputado João Maia confirmou a venda do apartamento a Alves, por R$ 1 milhão. Disse ter recebido a metade deste valor, e que o restante seria parcelado. “Eu só quero receber”, afirmou.
A ex-mulher de Henrique Alves, Priscila Gimenez, que mora no apartamento comprado, não respondeu aos pedidos de entrevista da Folha.

20 de julho de 2013 às 5:02

Protesto passou das reivindicações ao vandalismo e estragos foram registrados em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

BR-101 interditada e helicóptero da Secretaria de Segurança acompanhando a saída do manifesto (Fotos: Canindé Soares)

Nas faixas, as reivindicações

 

Terminou não sendo pacífico o manifesto desta sexta-feira em Natal.

Tudo porque, no meio dos manifestantes que saíram do shopping Via Direta em direção ao centro, vândalos infiltrados provocaram estragos na cidade.

O manifesto não teve grande participação, como mostram as fotos de Canindé Soares.

Entre os jovens que queriam protestar contra atos e desatos dos governos e dos políticos, uma quantidade significativa de gente que queria fazer baderna. E fez.

E o saldo acabou sendo negativo, já que os estragos contabilizados se sobrepuseram às reivindicações do movimento #RevoltadoBusão.

O rastro do vandalismo

 

No percurso até chegar à Câmara Municipal, onde terminaria o protesto, um grupo de mascarados depredou lojas, sorveteria, clínicas, uma agência do banco Santander, e a Jacaúna Móveis e Decorações, na avenida Prudente de Morais.

Por onde passavam, os infiltrados jogavam pedras…

Edifícios residenciais também foram atingidos.

E até uma banca de revista – coitado do proprietário – quase foi incendiada na avenida Rio Branco.

Polícia de Choque aguardando a hora de agir

 

Quando o manifesto chegou à Câmara, já com uma quantidade mínima de manifestantes, houve confronto com a PM. Que agiu ao perceber que um grupo queria invadir o Palácio Frei Miguelinho, um dia depois do confronto de integrantes do movimento #RevoltadoBusão com a Guarda Municipal.

Alguns manifestantes jogaram pedras em policiais, que revidaram com balas de borracha.

Enquanto o barulho tomava conta da área externa da Câmara, lá dentro, um guarda da polícia legislativo passava mal.

Foi levado por uma ambulância do Samu, chamada para socorrê-lo.

 

 

A imprensa não passou em branco no protesto desta sexta: um carro da TV Tropical teve a porta arrancada e quase foi virado. Uma câmera da TV Cabugi foi pixada. E o prédio da FM95 foi atingido por pedras.

Como o estúdio fica separado da avenida Hermes da Fonseca apenas por uma vidraça, para não serem atingidos, a equipe que apresentava o jornal no momento, pouco antes das 19 horas, saiu correndo e deixou a emissora fora do ar.

 

 

“De forma premeditada, os vândalos resolveram causar destruição na cidade”, disse o comandante geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Araújo, que vai enviar fotos para a Polícia Civil para que as ações de vandalismo sejam investigadas.

 
No saldo negativo, 3 homens foram detidos e liberados em seguida

Um menor foi apreendido apontando laser para o helicóptero da Secretaria de Segurança, usado para acompanhar o protesto.

 

Passava das 22 horas quando um grupo de cerca de 40 pessoas permanecia na frente da Câmara, avaliando a possibilidade de acampar no local.

20 de julho de 2013 às 4:51

Quem paga o pato da destruição? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O maior estrago causado no protesto desta sexta-feira, em Natal, foi na loja Jacaúna Móveis e Decorações, no cruzamento da rua Apodi com Prudente de Morais.

Vidraças quebradas, objetos saqueados e móveis arrastados para fora.

Mas…

Se o protesto tem como alvo o poder público em todas as esferas, além da classe política, o que a loja de decorações que sequer pertence a político, tem a ver com isso?

Quem vai pagar o prejuízo do empresário que foi vítima da ação de alguns vândalos infiltrados no manifesto?

Vidraças da loja Jacaúna (Fotos: Canindé Soares)

Móveis arrastados para a calçada

 

20 de julho de 2013 às 4:39

UOL informa que guarda que passou mal dentro da Câmara durante protesto morreu de infarto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Notícia do portal UOL deu conta que o guarda municipal, que passou mal dentro da Câmara de Vereadores de Natal, enquanto lá fora manifestantes e policiais se confrontavam, sofreu um infarto fulminante e morreu.

Já era tarde e o Blog não conseguiu checar a informação, e noticia o que foi publicado pelo portal.