Thaisa Galvão

21 de julho de 2013 às 10:43

Ajuda de voluntários garante condição digna de vida à família de bebê cardiopata [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog mostra a história do pequeno Carlos André, paciente cardiopata que teve a sorte de encontrar a AMICO – Associação dos Amigos do Coração da Criança – sob o comando do anestesiologista José Madson Vidal. O apelo da instituição à população deu certo e a história quem conta é a repórter Gabriela Barreto:

 

 

Bebê cardiopata recebe casa mobiliada graças a doações

Por Gabriela Barreto

Jornalista voluntária da AMICO

 

O pequeno Carlos André tem apenas seis meses de vida, mas já é protagonista de uma bela história. Portador de uma grave cardiopatia que o deixou internado numa UTI durante três meses, o bebê faz parte de uma família de mais cinco irmãos que vivia em condições miseráveis no município de Santa Maria- RN.

Graças à Associação dos Amigos do Coração da Criança – Amico, instituição que acompanhou todo o processo de diagnóstico, tratamento e recuperação de Carlos André, a família foi removida para uma casa em condições dignas, além de ganhar toda a mobília através de doações.

 

A iniciativa de buscar uma moradia mais digna para o bebê partiu dos trabalhadores da Amico, que diagnosticaram as péssimas condições nas quais o bebê vivia, o que impossibilitava a recuperação de Carlos André. A campanha para mudar a realidade dessa família teve início há 15 dias e foi finalizada neste sábado (20) com a entrega da casa toda equipada.
A família também recebeu doações de roupas, brinquedos e alimentos.
O imóvel é alugado pela Prefeitura de Santa Maria, que garantiu que a família receberá sua casa própria até dezembro deste ano.
Para Roseane Cândida Souza, mãe de Carlos André, o momento é de muita alegria.
“Estou muito feliz hoje porque Deus colocou alguns anjos no meu caminho. Quero agradecer a toda a equipe do hospital Maria Alice e ao pessoal da Amico por tudo que fizeram por nós. Estar com meu filho nos braços é uma bênção”, disse, emocionada.
O médico José Madson Vidal, presidente da Amico, garante que a instituição continuará prestando auxílio a Carlos André e sua família.
“Não queremos desempenhar o papel do Estado, que deveria garantir condições mínimas a essas pessoas. Mas não podemos fechar os olhos e ignorar as milhares de pessoas que vivem nas condições que essa família vivia. Carlos André foi salvo por um milagre de Deus. Nós da Amico continuaremos por perto, ajudando no que for preciso”, explicou.

Doações chegaram à casa alugada pela Prefeitura de Santa Maria neste sábado

Entrega foi feita pelo médico Madson Vidal e equipe da AMICO

Quem é Carlos André

Logo nos primeiros dias de vida, a mãe de Carlos André, Roseane Cândida, percebeu que havia algo errado com seu bebê. Ela saiu do município de Santa Maria e buscou ajuda médica em Natal e, assim, Carlos André foi diagnosticado com uma grave cardiopatia.
Dos seis meses de vida, quatro foram passados dentro de um hospital, sendo três numa UTI.
Durante a recuperação da cirurgia para correção da cardiopatia e implantação de um marcapasso, o bebê e a mãe ficaram hospedados na sede da Amico, em Natal, recebendo todo o auxílio necessário.
A instituição continuará acompanhando o quadro de saúde da criança, possibilitando que ele realize exames e consultas médicas com frequência e fornecendo toda a medicação e alimentação adequadas.

*

Do Blog – A sede da AMICO fica na rua Amintas Barros,  1935, em frente à Sorveteria Tropical. O telefone para informações é o 3206-1941.

A instituição, além de Carlos André, necessita de doações, principalmente de medicamentos, para outras crianças assistidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*