#JornalismoSemFakeNews

23 de julho de 2013 às 11:35

Desembargador paraibano reconhece que declaração sobre Joaquim Barbosa não foi feliz

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O desembargador aposentado e advogado paraibano, Marcos Souto Maior, reconheceu que não foi feliz na definição que fez, no twitter, sobre o ministro-presidente do STF, Joaquim Barbosa.

Ao comentar o possível descaso de Barbosa com a presidente Dilma Rousseff, quando o ministro cumprimentou o papa Francisco e sequer apertou a mão da presidente, ele disse que Barbosa era  “do sítio” e por isso não tinha “educação doméstica”.

Questionei o paraibano, por entender que o fato de ser ‘do sítio’ não implicava em ser mal educado.

Hoje ele tentou justificar…e terminou reconhecendo…

 

 ‏@MarcosSMaior – @thaisagalvao Já disse: “sítio’ é pequena propriedade com pessoas acanhadas. O ministro foi muito além da grosseria e sem educação doméstica
Voltei a questionar o desembargador:
Mas quem disse que pessoas acanhadas são mal educadas? Pobreza e humildade é uma coisa, educação é outra.
 ‏@MarcosSMaior – @thaisagalvao Tenho dignidade para me desculpar no desencontro de entendimentos. Mas vc ficou com a razão. Abraços!
*
Do Blog – Como publicado nos impressos nacionais hoje, o ministro Joaquim Barbosa e a presidente Dilma já haviam se cumprimentado e até conversado, durante o tempo de espera pelo papa, no Palácio da Guanabara.
Barbosa só foi desatento às normas da elegância, que exigem, nesse caso, que o cumprimento em particular, não vale para o público.
Merecia um novo aperto de mão…para inglês ver…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.