Thaisa Galvão

1 de setembro de 2013 às 22:35

Para o governo: Henrique, Henrique e Henrique [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma noite de sexta-feira com presença de líderes partidários e uma brincadeira de dizer verdades.
Foi assim o jantar no apartamento de Areia Preta do ex-deputado Wober Júnior, presidente do PPS, e a mulher Ângela Pinheiro, que reuniu amigos à mesa com delícias da requintada gastronomia francesa, pela Chef Gracinha Ferreira.

O convidado especial foi o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, que foi com a noiva Laurita Arruda.

Em torno de Henrique, os outros convidados: o prefeito de Natal e presidente do PDT, Carlos Eduardo, com Andréia Ramalho; a vice-prefeita e presidente do PSB, Wilma de Faria, com o marido José Maurício; o vice-governador e presidente do PSD, Robinson Faria com Julianne; e o peemedebista ex-senador Fernando Bezerra com Candinha.
E mais alguns convidados…

Justificando que a noite não era para firmar compromissos, foi sugerida uma brincadeira onde cada um, incluindo os cônjuges dos políticos, sugeririam 3 nomes.
Nomes que seriam os seus candidatos a governador no próximo ano.

O dono da casa apresentou os seus: para Wober Júnior, os governadoráveis são Robinson (o único presente com a candidatura já anunciada e assumida), Wilma de Faria e Carlos Eduardo.

A ex-governadora e vice-prefeita Wilma de Faria disse que só seria candidata num cenário em que seu partido exigisse…e reafirmou que seu projeto é se eleger deputada federal.
No jogo da verdade, Wilma apresentou seus prováveis candidatos: Robinson Faria, Henrique Alves e Fernando Bezerra.
A vice não sugeriu o prefeito, mesmo sabendo que, Carlos saindo para ser candidato, a Prefeitura cairia em suas mãos. Disse que Carlos tem compromisso com a cidade que o elegeu.

O prefeito Carlos Eduardo não se apresentou como candidato. Reafirmou que tem mandato até 2016. Falou de dificuldades e dise que a hora é de união em torno do Rio Grande do Norte.
Para Carlos Eduardo, os 3 governadoráveis são Robinson Faria (a quem já declarou preferência), Henrique e sua vice Wilma de Faria.

O vice-governador Robinson Faria não negou que é candidato assumido: na hora de se declarar no jogo da verdade, botou na mesa seu próprio nome, e os nomes de Henrique e Wilma.
Não sugeriu o prefeito Carlos Eduardo, a quem tem como apoiador de sua candidatura.

O ex-senador Fernando Bezerra, que já havia dado entrevista sugerindo a candidatura do deputado Walter Alves (PMDB), terminou optando, na hora de apresentar susa lista tríplice, pelos nomes de Wilma, Robinsn e Henrique.
Depois de anunciados seus governadoráveis, lembrou do nome de Walter, que foi citado como um quarto da lista.
Fernando ampliou o jogo e sugeriu o nome de Wilma para o Senado.

Depois de todos os votos, chegou a hora do convidado especial da noite apresentar sua lista tríplice.
Mas, Henrique preferiu não citar os 3 nomes que a brincadeira pedia, mesmo sabendoq ue a noite não era de compromissos.
Henrique justificou que o PMDB terá candidato próprio, daí não falar em outros nomes.
Para ele, o candidato será – ou seria – o ministro Garibaldi Filho, mesmo sabendo que o primo não vai para a disputa, pois não é besta de perder os 4 anos a que ainda tem em seu mandato de senador – lá no céu – para ser governador do Estado – o inferno.

Para terminar a brincadeira, chegou a hora da noiva de Henrique se pronunciar.
A jornalista Laurita Arruda declarou que sempre admirou a história de Aluízio Alves, sugeriu que ela tivesse continuidade…e disse que só iria apresentar um nome. Porque se tivesse que apresentar uma lista tríplice ela seria comporta por Henrique, Henrique e Henrique.
Diante do silêncio do noivo na hora de apresentar nomes, Laurita, que é jornalista, atuou como porta voz.
Falou por ela…e por ele?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*