Thaisa Galvão

3 de setembro de 2013 às 17:09

Vereador Maurício Gurgel se diz contra possível renúncia de Carlos Eduardo para disputar o governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, tem dito que não vai disputar o governo do Estado, e que seu compromisso é com a cidade que o elegeu…e para isso tem mandato até 2016.
A vice-prefeita Wilma de Faria, que ganharia de presente a Prefeitura, com a possível renúncia de Carlos, já declarou que ele foi leito para administrar Natal, e portanto, não concirda com a renúncia.

Agora foi a vez do vereador Maurício Gurgel, presidente estadual do PHS, e candidato a deputado federal, se pronunciar.

Ontem à noite, em entrevista ao programa ‘Direto ao Ponto’, da TV Câmara, Maurício se mostrou contra a possível saída precoce do prefeito do comando do Executivo Municipal.

“É um desserviço falar em eleições nesse período; é um desrespeito ao povo do Rio Grande do Norte. Em um momento como esse, que o povo clama por mais saúde, educação, segurança pública, em que Natal está no noticiário nacional pelos péssimos exemplos de falhas nos serviços públicos, falar em eleição e em renúncia do prefeito Carlos Eduardo ainda este ano é um desserviço à população. O prefeito Carlos Eduardo foi eleito para administrar a cidade por quatro anos”, declarou Maurício, que saiu da base governista.

O vereador apoiou a eleição do prefeito Carlos Eduardo, mas hoje se diz independente.

“Não me arrependo de ter apoiado o prefeito. Mas agora nós vamos assumir uma postura de independência na Câmara. Nosso compromisso é com a cidade. Sou presidente de comissão na Casa e vamos continuar com o nosso trabalho”, afirmou o vereador.

Como pontos positivos da atual administração do prefeito Calos Eduardo, o jovem parlamentar destacou a limpeza pública, a recuperação da malha viária e o pagamento dos funcionários, com a ressalva de que a recuperação da malha viária ainda precisa de algumas melhorias, segundo ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*