Thaisa Galvão

19 de setembro de 2013 às 9:05

Baraúna na Justiça até 2016 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pelo menos até o fim da gestão atual em Baraúna, seja quem for o prefeito, a Justiça é quem vai dar as cartas.
Caso o prefeito Isoares Martins (PR) seja cassado, tem direito a recurso no TSE e poderá reassumir a Prefeitura, caso a Corte maior da Justiça Eleitoral entenda assim.
Caso o prefeito Martins tenha seu mandato mantido pelo TRE-RN, a oposição – no caso o grupo de Luciana – deve recorrer do mesmo jeito ao TSE, na tentativa de tirar Isoares da Prefeitura.
Uma briga, portanto, que só terá fim quando a gestão encerrar, em dezembro de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*