Thaisa Galvão

5 de maio de 2014 às 16:57

Cardápio: Procon faz operação para combater aumentos abusivos por causa da Copa [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Procon estadual, coordenado pelo advogado Ney Lopes Júnior, inicia esta semana, em bares e restaurantes de Natal, à Operação Cardápio.
A operação consiste no recolhimento de um exemplar de cardápio de cada bar, restaurante, boate e afins em Natal para que seja feito uma comparação dos preços praticados antes, durante e sobretudo depois da Copa.
Segundo Ney Júnior, o objetivo é evitar que os preços que terão um aumento durante o evento voltem a ser praticados após o mundial.
“Não podemos continuar a ter, por exemplo, um preço de R$ 6,00 por um copo d´àgua em Natal. Estaremos de olho monitorando estes preços. Não trata-se de tabelamento. Jamais. Mas de controle de abusividade previsto no Código de Defesa do Consumidor. Não queremos que os nossos turistas passem a taxar Natal como uma cidade cara com preços exorbitantes. Isto afasta os visitantes, assusta os consumidores locais e prejudica o turismo que é uma das nossas principais fonte de renda. Vamos conversar com os prestadores de serviços e venda de produtos neste sentido e esperamos chegar a um consenso. Ninguém quer prejudicar as empresas que geram emprego e renda na cidade. Reconhecemos isto. Mas é nossa missão defender o consumidor através do diálogo prévio visando o bem comum. Tenho a certeza que chegaremos a um acordo”, explicou Ney Lopes Jr.

Uma resposta para “Cardápio: Procon faz operação para combater aumentos abusivos por causa da Copa”

  1. POTIGUAR TRISTE disse:

    E POR QUÊ NÃO FAZER OPERAÇÃO EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS COM PREÇOS ABUSIVOS? TODOS OS POTIGUARES UTILIZAM DESSE SERVIÇO E, NÃO OS TURISTAS.

     

     

    COMO PODE UM POSTO NO AGRESTE VENDER GASOLINA A R$ 2,84 E NA CAPITAL (BEM MAIS PRÓXIMO DA REFINARIA) A GASOLINA SER VENDIDA A R$ 3,069. ALGO ESTÁ ERRADO OU NÃO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.