#JornalismoSemFakeNews

17 de setembro de 2014 às 20:17

Agripino diz que CPMI vai pedir ao STF conteúdo da delação premiada de Paulo Roberto

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Como esperado, o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, optou por não dar um pio na CPI mista do Congresso, que investiga denúncias de corrupção na estaral.

“Acho que pode ser a sessão aberta, mas permaneço com a mesma posição, de nada a declarar”, respondeu Costa, quando questionado se queria uma sessão secreta.

“O evento de hoje, o do ‘nada a declarar’, vai manchar a imagem deste Congresso Nacional”, disse o líder do DEM no Senado, José Agripino (RN).

O presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), telefonou para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, pedindo uma reunião com os membros da CPI.
A reunião ficou agendada para quinta-feira.
Agripino vai pedir a Lewandowski que a comissão tenha acesso ao depoimento feito em delação premiada por Paulo Roberto Costa.

Com a recusa de Costa de falar na sessão, Agripino disse ser imprescindível que a comissão tenha acesso às declarações do depoente via STF.

“Temos que ir ao STF e peticionar a vinda daquilo que é nosso direito: a delação premiada compartilhada para que a CPI Mista possa chegar a conclusões em função da aflição e indignação que o Brasil vive neste festival de corrupção”, disse o líder democrata.

Agripino fará parte da comitiva formada pelo presidente da CPMI, Vital do Rêgo (PMDB-PB); o vice-presidente, Gim Argelo (PTB-DF); e o relator Marco Maia (PT-RS).
“O que nós podemos fazer é aquilo que a sociedade espera: que o Congresso dê sua cota de contribuição para agilizar o esclarecimento de uma coisa que está indignando o Brasil inteiro. A Petrobrás se transformou em uma caixa de corrupção em que os culpados ainda não estão identificados”, disse Agripino.
Fotos Mariana Di Pietro

IMG_2242.PNG

Uma resposta para “Agripino diz que CPMI vai pedir ao STF conteúdo da delação premiada de Paulo Roberto”

  1. Maria Lucia Ferreira disse:

    Assistindo    esse  momento   cômico    agente   se   diverte  e  muito. A  união    desses   senadores    com    Vilma  e   Henrique     dar  nojo,    é    muita    falsidade,   sujeira,   está   claro   o  jogo  deles, é  de  fazer  vergonha. Respeitem   o  povo  já  que  não   existe  isso  entre  vocês.  Que  vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.