#JornalismoSemFakeNews

2 de abril de 2015 às 8:01

Ezequiel lembra ao DNIT que prazo para concluir duplicação da Reta Tabajara está acabando e obras estão paradas desde outubro

[2] Comentários | Deixe seu comentário.

Prometida em verso e prosa aos potiguares, a duplicação da Reta Tabajara parou.

Deu stop.

Ontem o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), encaminhou ofício ao superintendente do DNIT, Adailton Cardoso Dias, solicitando a retomada das obras.

“Esse trecho liga o município de Macaíba até a BR-226, que dá acesso à região Seridó, tendo um grande fluxo de caminhões e carros. Por esse fluxo intenso, a via se tornou perigosa, ocorrendo acidentes fatais, justificando a duplicação. Por essa razão solicito celeridade ao DNIT para a retomada desta importante obra”, justificou Ezequiel, lembrando que a duplicação dos 26,5 quilômetros da Reta Tabajara foi anunciada em maio de 2013, há quase dois anos.

Ele lembrou ainda, no ofício que enviou ao DNIT, que no mesmo período foi feita a licitação na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação, oferecendo mais celeridade ao processo. 

“Porém, as intervenções na via não estão em curso”.

As obras na Reta Tabajara começaram um ano depois, em maio de 2014, mas em outubro, passada a eleição, o contrato com a construtora foi rescindido.

O prazo do Governo Federal, de dois anos, para conclusão da obra, termina agora em maio, daí a cobrança do presidente da Assembleia.

“O atraso na duplicação da Reta Tabajara prejudica 60 mil motoristas por dia, no Rio Grande do Norte. Por isso necessitamos urgentemente da duplicação, que dará mais segurança e tranquilidade à população que trafega pelo interior do estado”, concluiu Ezequiel.



2 respostas para “Ezequiel lembra ao DNIT que prazo para concluir duplicação da Reta Tabajara está acabando e obras estão paradas desde outubro”

  1. fabricio mauro galvao disse:

    Bom Dia.

    O nome do Superintendente saiu errado. Eng:Walter Fernandes de Miranda Junior

     

  2. Eduardo disse:

    Promessa tbm da duplicação no trecho em Parnamirim, inclusive teve até audiencia com a população e camara de vereadores e até agora não vemos nada de concreto esse trecho tem promessa de mais de dez anos e nada, com a palavra o DNIT

Deixe uma resposta para Eduardo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.