#JornalismoSemFakeNews

11 de maio de 2015 às 5:47

Petistas tentam minimizar bate-panela para Lula e Dilma no casamento do médico Roberto Kalil

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Aliados da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, tentaram minimizar o panelaço protagonizado na frente do salão de eventos Leopolldo, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo.

Era lá que estavam presidente e ex, ambos como padrinhos de casamento do médico que cuida dos dois e de um bocado de políticos.

O médico cardiologista Roberto Kalil oficializou a união de 10 anoa com a endocrinologista Claudia Cozer.

Com faixas que pediam para investigar os contratos do BNDES, o grupo bateu panelas, apitou e gritou “Fora PT e “Dilma Ladra”.

Além de Dilma e Lula lá estavam os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-RJ) e o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT).

Governistas justificaram que era um grupo de apenas 10 pessoas…20 pessoas…30 pessoas.

Eram poucas, sim, mas o suficiente para fazer do bate-panela, um protesto grande, dada a sua repercussão, e para mostrar para o PT que a oposição não deixará Dilma e Lula em paz nem num casamento.

Abaixo vídeos que foram divulgados.

VÍDEO 1 Clique Aqui

VÍDEO 2 Clique Aqui

VÍDEO 3 Clique Aqui

   

 

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.