#JornalismoSemFakeNews

16 de setembro de 2015 às 16:52

Robinson Faria não integrou grupo de governadores que foi ao Congresso pedir CPMF de 0,38%

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria não integrou o grupo de governadores que foi hoje ao Congresso Nacional fazer um apelo a deputados e senadores da base aliada para que aprovem a proposta de recriar a CPMF com uma alíquota de 0,38%, maior do que a proposta de 0,2% feita pelo governo federal. Na contramão da população brasileirs estiveram emnBrasília os governadores Luiz Fernando Pezão (RJ), Rui Costa (BA), Waldez Góes (AP), Camilo Santana (CE), Renan Filho (AL), Belivaldo Chagas (em exercício, SE), Marcelo Miranda (TO), Wellington Dias (PI) e a vice-governadora Nazareth Araújo (AC).

Os governadores querem o imposto divido entre União, estados e municípios, sendo que a União ficaria com os 0,2% sugeridos pelo governo, e os 0,18% seriam destinados aos Executivos locais.

Para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o movimento dos governadores não deverá ter resultado esperado.

“O governo está tentando dividir a derrota com os govenadores, jogando os governadores aqui para fazer o papel que o governo não consegue fazer porque não tem uma base articulada. O efeito prático é nenhum, porque isso não vai mudar a votação por essa motivação”, declarou Cunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.