Thaisa Galvão

23 de janeiro de 2016 às 23:51

Início de rebelião no CDP de Pirangi [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Início de rebelião no CDP de Pirangi, na avenida Ayrton Senna, em Natal.

Presos ateando fogo, promovendo quebra-quebra.

Polícia no local.

Muita fumaça.

  

23 de janeiro de 2016 às 23:17

Novo comandante da PM visita Alcaçuz [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Novo comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Dancleiton Leite, que ao contrário do que foi divulgado, não é primo da secretária de Segurança, Kalina Leite – informação da assesssoria – visitou hoje o presídio de Alcaçuz.

   
 

23 de janeiro de 2016 às 21:04

Martins a 16 graus [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem gosta de um friozinha…ou friozão.

Eis a temperatura registrada agora em Martins, no Oeste do Rio Grande do Norte, depois de um dia chuvoso:
Foto Naldo Queiroz

  

23 de janeiro de 2016 às 20:28

Avenida Itapetinga se vestiu de preto para as pessoas pedirem justiça pela morte da estudante Maria Karolyne [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Muita gente foi à avenida Itapetinga, na zona Norte de Natal, pedir justiça pela morte de Maria Karolyne, assassinada na terça-feira após ter sida assaltada sem reagir.
As pessoas foram de preto e levaram faixas de protesto.
A mãe da estudante se deitou no local onde a filha caiu morta.
  

A irmã de Karol, que estava caminhando com ela e presenciou a ação dos bandidos, fez um desabafo.

23 de janeiro de 2016 às 14:34

Deputada Zenaide Maia cumpre agenda com prefeitos em São Gonçalo e Tibau do Sul [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada federal Zemaide Maia (PR) participou nesta sexta-feira, em São Gonçalo do Amarante, da missa em ação de graças pelos 10 anos de ordenação do Padre Felipe Anderson.

Ela estava axompanhada do marido, o prefeito Jaime Calado.
  

No dia anterior, Zenaide Maia foi à praia de Pipa, para a procissão de encerramento da festa do padroeiro de Tibau do Sul, São Sebastião.

A deputada acompanhou a procissão com o prefeito Valdenício Costa e o ex-prefeito Valmir Costa. 

  

23 de janeiro de 2016 às 14:18

Bloco Sonífera Ilha, da senadora Fátima Bezerra, não vai sair este ano no carnaval da Redinha  [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Já tradicional na praia da Redinha, o bloco Sonífera Ilha, da senadora Fátima Bezerra (PT) esse ano não vai sair.

Há quem diga que a senadora teria decidido não botar o bloco na rua para evitar movimentos de anti-petistas.

Pessoas próximas à senadora dizem, porém, que ela optou por repousar no carnaval.

  
Governador Robinson Faria e prefeito Carlos Eduardo já vestiram a camisa do Sonífera Ilha

23 de janeiro de 2016 às 14:08

Se Brincar eu Pego: Bloco alternativo sairá no domingo de carnaval no Alto de Ponta Negra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais um bloco de rua no circuito alternativo do carnaval de Natal.

O bloco “Se brincar eu pego” sairá no domingo no Alto de Ponta Negra, com a concentração marcada para às 15h30 na frente do restaurante Galo do Alto.

O publicitário Jener Tinôco e o empresário Habib Chaita entre os organizadores.
  

23 de janeiro de 2016 às 14:01

Rei Momo e Rainha do Carnaval de Natal acompanharão programação oficial da Prefeitura [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O carnaval de Natal já tem Rainha e Rei Momo.

Eles foram escolhidos ontem

A professora de dança e representante da Escola Balanço do Morro, Ellyamary Christhiane Teixeira foi eleita Rainha 2016. 

Já Charles Campos, mais uma vez, foi eleito Rei Momo.

Os dois sucedem o Rei Rubens e a Rainha Margot.

Rei e Rainha serão apresentados na abertura oficial do Carnaval de Natal, quinta-feira, 4 de fevereiro, no Largo do Atheneu, onde será realizado o tradicional Baile de Máscaras.

O baile será animado pelo Spok Frevo Orquestra, de Recife.

  

O carnaval multicultural peomovido pela Prefeitura de Natal continua na sexta com o evento ‘Grandes Carnavais’, reunindo 8 blocos ao som de Armandinho, Detroit e Alphorria, no Largo Atheneu. 

Em Ponta Negra, show de Alceu Valença.
Sábado tem banda Grafith na Redinha e Morais Moreira em Ponta Negra.

No domingo de carnaval, o grupo Monobloco se apresenta na Redinha e depois em Ponta Negra.

E no centro de Natal, desfile das Kengas e show de Baby do Brasil e Paulinho Boca de Cantor.

Na segunda-feira Elba Ramalho faz show no polo Ponta Negra e Cavaleiros do Forró na Redinha.
Terça-feira tem Neguinho da Beija Flor nas Rocas e Margareth Menezes em Ponta Negra.

23 de janeiro de 2016 às 12:23

Se Parar eu Caio: bloco de rua abre o carnaval de Natal na próxima terça-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Estão sendo vendidas na agência Sunline Tur, as camisas para o bloco ‘Se parar eu caio’, que vai sair pelas ruas de Petrópolis e Tirol na próxima terça-feira, 2 de fevereiro, abrindo antecipadamente o carnaval.

  
A concentração será às 18h30 no Largo do Atheneu, será puxado pela orquestra de frevo do Maestro Bethoven e seguir pela ruas Campos Sales, Ceará-Mirim e Rodrigues Alves, até o Clube de Radioamadores.

Mais detalhes nas redes sociais @separareucaio ou nessa entrevista do seu diretor Cláudio Porpino, concedida ao nosso Jornal da Noite, na 95FM.

23 de janeiro de 2016 às 11:37

No twitter, Major Correia Lima diz que abordagens da PM recebem aplausos de turistas e da população [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Major Correia Lima, prestando contas de seu trabalho à população através de suas redes sociais:
  

   
 
  

  

  

23 de janeiro de 2016 às 11:20

Promotor acha que tem material suficiente para denunciar Lula no caso do apartamento da OAS no litoral de SP [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
Promotor vê indícios para denunciar Lula

O promotor de Justiça de São Paulo Cassio Conserino considera ter obtido indícios suficientes para denunciar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo crime de lavagem de dinheiro em investigação sobre um apartamento triplex que tinha sido reservado pela construtora OAS para a família do ex-presidente.
A avaliação do promotor do Ministério Público estadual foi informada pela revista “Veja” na sexta-feira (22) no site da publicação.
Segundo Conserino, as provas de que a OAS procurou favorecer Lula são fortes, mas o petista ainda terá oportunidade de apresentar defesa no decorrer das apurações para tentar evitar o oferecimento da acusação formal.
Lula é investigado em uma apuração sobre a legalidade da transferência de empreendimentos da cooperativa habitacional Bancoop para a OAS em 2009.
A Promotoria apura também se a empreiteira usou apartamentos do prédio, localizado na praia de Astúrias, no Guarujá (SP), para lavar dinheiro ou beneficiar pessoas indevidamente.
Como revelado pela Folha em dezembro, um dos sócios de uma empresa que executou a reforma no triplex paga pela OAS afirmou em depoimento ao promotor que em meados de 2014 estava em reunião no apartamento com um coordenador de projetos da empresa quando foi surpreendido com a chegada da mulher de Lula, Marisa Letícia, acompanhada de três homens.
O depoente disse que posteriormente identificou que entre esses homens estavam o então presidente da OAS Léo Pinheiro, que chegou a ser preso na operação Lava jato, e um dos filhos de Lula, Fábio Luís, conhecido como Lulinha.
Na apuração, a Promotoria já colheu depoimentos de engenheiros e funcionários do condomínio que apontam que apenas familiares de Lula estiveram no triplex durante as fases de construção e reforma do imóvel, e que as visitas envolveram medidas para esconder a presença de Lula e parentes no condomínio.
O promotor paulista diz que nas últimas semanas colheu o depoimento de uma ex-funcionária da OAS e uma engenheira da construtora que confirmaram a ocorrência do encontro no triplex com a presença dos familiares de Lula. Para Conserino, os testemunhos comprovam que na oportunidade os parentes do petista estavam verificando a unidade para em seguida receber o imóvel.
Outro novo indício contra Lula foi obtenção de comprovante de que a OAS pagou pelo mobiliário da cozinha do triplex, segundo o promotor.
Formalmente, o triplex não chegou a ser transferido para o ex-presidente.
A mulher de Lula tinha a opção de compra do apartamento, mas em novembro a família anunciou que havia desistido de ficar com a unidade construída e reformada pela OAS.

OUTRO LADO
Questionado sobre a possibilidade de o Ministério Público de São Paulo oferecer denúncia acusando o ex-presidente Lula de lavagem de dinheiro, o advogado Cristiano Zanin Martins afirmou: “Fico perplexo em saber que um promotor esteja cogitando denunciar alguém sem ter dado a oportunidade de prévia manifestação”.
Em entrevista a blogueiros na última quarta, Lula destacou que não há “alma mais honesta que a dele”.
O advogado da OAS, Roberto Telhada, afirmou que a empreiteira nunca atuou para favorecer o petista. Ele disse que o triplex chegou a ser reservado para a mulher de Lula, Marisa Letícia, mas ela optou por não comprar. Hoje, segundo ele, o imóvel é da OAS e continua à venda.

23 de janeiro de 2016 às 10:20

Dia D: Governador participa de movimento de combate ao mosquito da dengue no bairro Planalto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governo está promovendo hoje o “Dia D” de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti.

O primeiro movimento acontece no Planalto. 

O bairro foi o primeiro a receber a mobilização por causa do alto índice de infestação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zyca. 

O governador Robinson Faria convocou sua equipe para integrar a campanha e incentivar os servidores a participar como voluntários da ação de conscientização. 
  

  
O governador acompanhou os agentes de mobilização pelo bairro.

  

23 de janeiro de 2016 às 10:01

Delator revela existência de conta conjunta para pagamentos de propina e diz que repassou 7 milhões para Dirceu [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:


Delator da Lava Jato diz que pagou cerca de R$ 7 milhões para Dirceu

Júlio Camargo foi interrogado pelo juiz Sérgio Moro nesta sexta-feira (22). Segundo o operador, valores foram pagos em dinheiro e horas de voo




Por Fernando Castro

Do Paraná

  

O delator da Operação Lava Jato Júlio Camargo afirmou nesta sexta-feira (22) em interrogatório na Justiça Federal do Paraná que fez pagamentos de cerca de R$ 7 milhões oriundos propina para o ex-ministro José Dirceu. Segundo o lobista, já condenado em dois processos, os recursos foram pagos para emissários de Dirceu, e através de horas de voo em aeronaves de Camargo.

Além das condenações, Júlio Camargo ainda é réu no processo que apura a participação de José Dirceu no esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. O interrogatório é a última etapa antes das alegações finais, que precedem a sentença. José Dirceu será interrogado na próxima sexta-feira (29).
O advogado Roberto Podval, que representa o ex-ministro, afirmou que os valores recebidos por Dirceu não eram propina. “Todos os pagamentos feitos e recebidos por ele foram por conta de serviços prestados. Não é verdade”, disse ao G1.

Questionado pelo juiz Sérgio Moro, Júlio Camargo disse que os pagamentos para José Dirceu foram feitos a pedido do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque. O delator disse que tinha uma conta corrente junto com Duque e o ex-gerente de Serviços Pedro Barusco para pagamentos de propina. “Num momento Renato Duque me chamou e disse, Júlio, da nossa conta corrente eu quero que você destine R$ 4 milhões a José Dirceu”, relatou.

A defesa de Renato Duque não atendeu às ligações da reportagem.

A partir de então, o delator diz que foi procurado por outro operador, Milton Pascowitch, que se apresentou como representante de José Dirceu e estabeleceu um cronograma de pagamentos.

Deste total, R$ 2 milhões foram pagos entre 2008 e 2009, e R$ 1 milhão em 2010, sempre em dinheiro retirado por emissários de Dirceu, nunca pessoalmente por ele. “O saldo de R$ 1 milhão foi feito numa conta de afretamento de aviões que o ministro utilizava e que eram de minha propriedade”, detalhou. Esses pagamentos já haviam sido mencionados por Camargo em outro depoimento à Justiça.

Além desses pagamentos, porém, Júlio Camargo disse nesta sexta que fez repasses de uma comissão que recebeu por intermediar um negócio de uma empresa de tubos com a Petrobras, na qual contou com apoio de Renato Duque. “Fui chamado novamente pelo Duque e ele disse que metade dessa comissão eu tinha que destinar ao José Dirceu”, disse.
  
Por esse contrato, Júlio Camargo disse que repassou cerca de R$ 3 milhões para emissários do ex-ministro. Ele não soube precisar as quantidades, mas disse que neste caso o repasse também dividido entre entregas de dinheiro ou horas de voo.

Apesar de ter conhecido José Dirceu pessoalmente, inclusive o recebendo em casa para jantares, Camargo disse que nunca falou sobre propina com ele. “Na minha frente ele nunca conversou sobre propina. O ministro José Dirceu nunca chegou pra mim e disse: Júlio, saiu esse contrato, estou precisando. Nunca”, garantiu.

Perguntado por Moro, porém, o delator disse que acreditava que Dirceu sabia que o dinheiro que recebia era intermediado por ele. “O ambiente mostrava que a regra do jogo era conhecida não só pelos empresários, mas pelos políticos também”, justificou.
Compra de avião

Júlio Camargo ainda negou que tenha sido sócio de José Dirceu em uma das aeronaves utilizadas pelo ex-ministro. Camargo disse que foi procurado por Pascowitch, que negociou a compra de parte de um dos aviões em nome da empreiteira Engevix. 

O delator disse que, inclusive, chegou a receber o dinheiro de Pascowitch em 2011, mas que o negócio não se concretizou.

“Eu vendi a aeronave para a Engevix, nunca para José Dirceu. O Milton alegou que a Engevix não queria mais, porque a compra não havia passado numa reunião do conselho”, disse o delator. 

Júlio Camargo disse que acredita que Pascowitch tenha utilizado recursos que seriam de José Dirceu para fazer o negócio, mas que com a desistência da Engevix precisou dos recursos para fazer o acerto com o ex-ministro.

O delator disse que, após ser pressionado por Pascowitch, acabou estabelecendo um cronograma de pagamentos, e que restituiu os valores integralmente. Com o acordo de delação firmado por Júlio Camargo, o avião foi entregue ao Ministério Público, disse.

Outro lado

O advogado de José Dirceu, Roberto Podval, disse que todo o dinheiro que o ex-ministro recebeu foi em função de serviço prestado, com nota fiscal emitida. Afirmou ainda que Dirceu não recebeu propina de Júlio Camargo e que tem a impressão de que as pessoas se favorecem nas delações usando o nome de José Dirceu.

23 de janeiro de 2016 às 0:55

Rio que corta cidade de Japi está cheio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Notícia do inverno…

Rio Jacu, que corta a cidade de Japi, na região Trairi do Rio Grande do Norte.

  

23 de janeiro de 2016 às 0:23

Prefeito de Campo Redondo diz que máquinas e tratores não estão abandonados e pneus estão sendo recauchutados [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Campo Redondo, Alessandru Alves, disse hoje ao Blog que, ao contrário do que foi passado ao Blog, as máquinas – pá, enchedeira, retroescavadeira – não estão abandonadas nem se deteriorando.

“Desde que recebemos estas máquinas elas sempre trabalharam em benefício do município. Inúmeros barreiros, cacimbas, pequenos açudes, melhoramentos de estradas, barragens submersas e subterrâneas, todos em benefício ao homem do campo. Vale lembrar que devido à grande demanda de trabalho e o início do período chuvoso, inúmeras vezes, foi autorizado pagamento de hora-extra para que os servidores trabalhassem em domingos e feriados”, disse a assessoria da prefeitura através de nota.

Em contato com o Blog, Alessandru explicou que as máquinas estão sem pneus porque na segunda-feira eles foram enviado a Caicó para serem recauchutados.

“Uma forma de economizar os poucos recursos que temos, já que se fossemos comprar os pneus novos o custo seria, no mínimo, três vezes maior”, disse a nota, afirmando que as fotos enviadas ao Blog não significam abandono dos equipamentos.
“É uma maneira de tentar desconstruir um trabalho contínuo que, ao longo destes três anos, temos feito e mudado a realidade de Campo Redondo, tanto na zona rural como na urbana”, conclui a nota.
Pelo telefone, o prefeito Alessandru informou que além das máquinas fotografadas, a Prefeitura de Campo Redondo tem mais 11 tratores ‘cortando terra’ no município.