Thaisa Galvão

3 de janeiro de 2016 às 0:01

Jovem que viu a mãe ser assassinada e o namorado estão na delegacia prestando depoimento [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A filha de Gisela Mousinho, que viu a mãe ser assassinada no começo da noite, ao ser vítima de um assalto no bairro de Lagoa Nova, está com o namorado, que também assistiu tudo, na Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas.

Os dois estão sendo ouvidos pelo delegado Luciano, que está no plantão.

Até agora nenhum dos assassinos foi preso.

Gisela Mousinho estava com a filha e o namorado dela comprando pão na padaria Bandeirante, localizada na rua Padre Champagnat, em Lagoa Nova, quando foi abordada, deixando o carro e retornando para pedir que eles liberassem a filha.

Foi aí que ela levou um tiro no pescoço e morreu na hora.

  
Gisela

2 de janeiro de 2016 às 23:13

Vítima de assalto, mulher é assassinada na frente da filha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tragédia.

Gisela Paiva Mousinho foi abordada por bandidos em frente a uma padaria, numa transversal da rua São José, em Lagoa Nova.

Ela saiu do carro e voltou para pedir que os bandidos liberassem a filha adolescente, que estava no carro.

Gisela levou um tiro no pescoço e morreu na hora, na frente da filha que estava com o namorado.

Há informação de que o tiro teria sido desferido por uma mulher.

Gisela é irmã da jornalista Andreia Mousinho.

Tristeza…raiva…dor…

2 de janeiro de 2016 às 12:05

Ano eleitoral começa e pesquisa não pode mais ser publicada sem registro no TRE [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ano de 2016 começa com a política voltada para as eleições de outubro.
A campanha para sucessão de prefeitos e eleição de vereadores agora começa mais tarde, no final de agosto.
Mas, 2016 começa sem a desculpa esfarrapada dos políticos que, perguntados sobre eleições, diziam que só falariam sobre o assunto em 2016.
Pois 2016 está aí.
Hora de definir candidaturas, alianças, coligações.
É bom lembrar de um detalhe:
Pesquisa agora, só se for registrada no TRE com o período de 5 dias antes de sua publicação.
Quem publicar números sem passar pelo registro da justiça eleitoral será multado.
Em dezembro foram muitos os números que se espalharam pelo estado com publicações em jornais, rádios, internet.
Agora, só com registro.

2 de janeiro de 2016 às 12:04

Ano começa com lista grande de pretensos candidatos a disputar com Carlos Eduardo a Prefeitura de Natal [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Em Natal, 2016 começa com uma lista de pré-candidaturas para disputar com o prefeito Carlos Eduardo, do PDT, que vai tentar se reeleger.
Como companheiro de chapa, já é prego batido e ponta virada que o nome será do PMDB, e o indicado, ainda em definição, hoje é o do empresário e secretario de Turismo, Fred Queiroz.
Indicado pelo ministro do Turismo Henrique Alves para a Secretaria, seria também indicado de Henrique para a chapa.

Quem vai disputar com Carlos Eduardo?
O PT, partido da presidente Dilma Rousseff, tem como pré-candidato o deputado estadual Fernando Mineiro, que já disputou com Carlos Eduardo a prefeitura de Natal. Foi em 2012, quando, por pouco, não foi para o segundo turno e a queda de braço final ficou entre o atual prefeito e o deputado Hermano Morais, do PMDB.
Hermano hoje é nome convidado do Solidariedade para deixar o PMDB, assumir o partido e disputar a Prefeitura.
O PSDB já está conversando com outras legendas e garante chapa própria, com o deputado federal Rogério Marinho na cabeça.
O PSB que hoje ocupa a vice-prefeitura, com a ex-governadora Wilma de Faria como titular, deverá lançar candidato próprio também.
O nome é o do deputado federal, ex-PROS, que acabou de se filiar ao partido, Rafael Motta.
Motta já declarou a possibilidade de disputar a Prefeitura de Natal.
O PSOL tem como pré-candidato a prefeito o ex-candidato a governador, Professor Robério Paulino, que na eleição passada amealhou mais de 20% dos votos de Natal.
O PCdoB já declarou também, através do vice-governador Fábio Dantas, que terá candidato. O nome hoje é o do vereador licenciado e secretario estadual de Esporte, George Câmara.
O PSTU deverá retomar o projeto municipal com a pré-candidatura da sindicalista Simone Dutra.
O PSD do governador Robinson Faria anda em silêncio, mas alguns nomes, como os do presidente da Caern, Marcelo Toscano e o do presidente da Potigás, Beto Santos, são lembrados em conversas de bastidores.
O PTC surge com a possível candidatura da empresária Wilma Wanderley, sócia da TV União.
O PR que tenderia a estar no palanque do atual prefeito, tende agora a ter candidato, caso seja concretizada a filiação do vereador Luiz Almir.
Já o PV, que ensaiou uma reaproximação com o palanque do prefeito Carlos Eduardo, do PDT, já cogita ir para a disputa.
O nome hoje é o do jornalista da TV Metropolitana, o jornalista Rodrigues Neto.
O PV ainda conversando com outras linhas, mas o Plano A é a candidatura de Rodrigues Netto, que já comandou a Capitania das Artes.

2 de janeiro de 2016 às 10:28

Carro pega fogo em Igapó [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bombeiros apagaram incêndio em um carro agora há pouco.

O carro pegou fogo na chamada ‘curva do S’, em Igapó.

Fotos de Anderson Lopes

  

2 de janeiro de 2016 às 9:27

Depois de liberar verba para pagar shows, Henrique poderia cobrar de Dilma liberação de dinheiro para ações de combate à seca [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem que o ministro do Turismo Henrique Alves poderia usar seu poder como auxiliar da presidente Dilma Rousseff, para cobrar do Planalto as promessas feitas ao Governo do Rio Grande do Norte e de outros três estados do Nordeste, para ações de combate aos efeitos da seca.

Quase 30 municípios potiguares estão em estado de calamidade, sem uma gota de água nos reservatórios pelos quais são abastecidos.

Dilma prometeu, como promessa de urgência, repassar dinheiro para os quatro estados contratarem mais carros-pipa para os municípios em crise, para construção de adutoras, para instalação de dessalinizadores…

Promessa que vem se perdendo no calor da seca do Nordeste sem sequer uma justificativa da presidência, enquanto no interior do Rio Grande do Norte as pessoas se humilham por uma lata d’água, reduzem o banho, a higiene de casa…

Se humilhar, é o termo mais correto para os potiguares do interior que esperam pelas promessas feitas pela presidente Dilma, e que vêem o tempo passar sem que se dê pelo menos um sinal de que vão ser cumpridas.

O ministro Henrique prometeu repassar dinheiro para pagar cachês dos artistas como Elba Ramalho, Paralamas do Sucesso, Fagner, Fafá de Belém…que se apresentaram nos festejos natalinos promovidos pela Prefeitura de Natal, e os shows aconteceram, com os artistas deixando Natal com o dinheiro no bolso.

Portanto, Henrique bem que poderia usar da sua força para fazer o dinheiro do Planalto chegar ao Rio Grande do Norte, para pelo menos minimizar a tristeza das pessoas do interior que não pedem festa, pedem apenas uma gota a mais de água em suas casas.

2 de janeiro de 2016 às 7:59

Delator diz que transportou dinheiro para ser entregue aos senadores Fernando Collor e Renan Calheiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a Lava Jato continua bombando em 2016.

O novo delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, que teria a função de entregador de propina, disse em depoimento que levou R$ 300 mil para Maceió para ser entregue ao senador Fernando Collor (PTB-AL).

Collor, claro, disse que nunca ouviu falar desse dinheiro.

O mesmo delator disse também que, em duad etapas de 500 mil cada, pegou um milhão de reais de uma pessoa em Recife, e foi entregar, também em Maceió, só que o receptador foi outro.

Do doleiro Alberto Youssef, para quem trabalhava, Rocha disse ter ouvido que o milhão era para o presidente do Senado, Renan Calheiros.

O advogado de Renan, claro, disse que nunca ouviu falar desse dinheiro.

2 de janeiro de 2016 às 7:13

Propostas de ajuste da economia criada pelo PT para apresentar a Dilma atingem os mais endinheirados [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O PT quer mudar a pauta em 2016.

Depois de ter conseguido derrubar o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, agora prepara propostas que serão apresentadas à presidente Dilma Rousseff, na tentativa de colaborar com as mudanças na economia do país.

Abaixo as propostas do PT:

  
  
  

2 de janeiro de 2016 às 6:55

Robinson acompanha procissão em Touros com o prefeito Ney Leite [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Acompanhado de Julianne Faria e do prefeito Ney Leite, o governador Robinson Faria foi à procissão do Bom Jesus dos Navegantes, padroeiro do município de Touros. 

Com o tema ‘Bom Jesus dos Navegantes, imagem perfeita do Pai’, a festa começou no dia 22 e segue até este sábado.

A celebração de encerramento foi do arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.

Fotos Ivanízio Ramos

  

1 de janeiro de 2016 às 20:17

Acidente deixa 3 mortos e 4 feridos perto de Santa Cruz [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Três pessoas morreram no final da tarde num acidente que destruiu os dois veículos envolvidos, de acordo com fotos da Polícia Militar.

O acidente entre um Honda Civic e um Astra ocorreu perto de Santa Cruz, na BR-226.

Das outras quatro pessoas que foram socorridas, uma estaria em estado grave.

  

1 de janeiro de 2016 às 5:30

Novo salário mínimo já está em vigor [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Uol/SP:
Novo salário mínimo, de R$ 880, vale a partir desta sexta-feira
novo salário mínimo brasileiro passa a valer nesta sexta-feira (1º). O valor, de R$ 880, representa um aumento de 11,7% em relação ao que estava em vigor em 2015 (R$ 788).
O reajuste deve injetar R$ 57 bilhões na economia, segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).
De acordo com o Dieese, 48,3 milhões de pessoas têm rendimento baseado no salário mínimo. O aumento deve causar um impacto total de R$ 30,2 bilhões às contas públicas em 2016. 
Maior que previsto

Por lei, o salário mínimo deve ser reajustado em percentual equivalente à inflação do ano anterior, medida pelo INPC, mais a variação do PIB de dois anos antes.
Em 2014, o PIB teve alta de 0,1%. O INPC acumula nos 12 meses até novembro alta de 10,97% (o valor fechado do ano ainda não foi divulgado). 
O salário mínimo de 2016 foi projetado em R$ 871 no projeto aprovado pelo Congresso Nacional para o Orçamento de 2016, mas o valor final, que é definido pelo governo, ficou acima do previsto.