Thaisa Galvão

16 de fevereiro de 2016 às 18:17

Advogado Rodrigo Alves diz que penalidade a Henrique será multa e ele não está inelegível [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Rodrigo Alves, que defende o ministro do Turismo Henrique Alves, confirmou a reprovação das contas de campanha pelo TRE.

Mas afirmou que a penalidade no caso é o pagamento de uma multa ainda não estipulada e não a inelegibilidade.

Segundo Rodrigo, os direitos políticos de Henrique estão mantidos.

“Iremos recorrer e embora respeitemos a decisão do TRE-RN, temos absoluta convicção de que não há justificativa para a rejeição de contas. É que se trata de decisão fundada primordialmente em débitos de campanha, regularmente assumido pelo partido, nos termos da legislação, e já quitado”, afirmou Rodrigo Alves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.