Thaisa Galvão

3 de julho de 2017 às 17:41

Geddel é alvo da mesma operação que prendeu Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com a prisão de Geddel Vieira Lima, passam a ser cinco os presos preventivos no âmbito das investigações da Operação Sépsis Cui Bono. 
Já estão detidos os ex-presidentes da Câmara, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, o doleiro Lúcio Funaro e André Luiz de Souza, todos apontados como integrantes da organização criminosa que agiu dentro da Caixa Econômica Federal (CEF). 
No caso de Cunha, Alves e Funaro, já existe uma ação penal em andamento. 
Os três são réus no processo que apurou o pagamento de propina em decorrência da liberação de recursos do FI-FGTS para a construção do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. 
Além deles, respondem à ação, Alexandre Margoto e Fábio Cleto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*