Thaisa Galvão

25 de outubro de 2017 às 12:35

Ataque cibernético ataca serviços na Rússia e Ucrânia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:

Ciberataque atinge mais de 200 entidades na Rússia e Ucrânia

Responsável por ataque é o vírus BadRabbit, segundo Kaspersky, que se apresenta como programa para instalar o Adobe Flash. Turquia e Alemanha também foram afetadas em menor escala

Por France Presse

Um ciberataque atingiu os sistemas do aeroporto internacional de Odessa e do metrô de Kiev, na Ucrânia, além de meios de comunicação da Rússia e mais de outras 200 entidades.

Turquia e Alemanha também foram afetadas em menor escala.

As informações são da empresa de segurança digital Kaspersky, que diz que as invasões começaram na manhã de terça-feira (24).

O responsável pelo ataque é o vírus BadRabbit. De acordo com a Kaspersky, as vítimas abriram manualmente o arquivo malicioso, que se apresentava como um programa de instalação do Adobe Flash – que deixará de ser atualizado a partir de 2020 justamente por conta das ameaças digitais.

Pesquisadores de segurança disseram que o BadRabbit parece ser uma ameaça do tipo ransomware, ou vírus de resgate, que sequestra os dados dos usuários e só os libera mediante pagamento em moedas virtuais. Mas ainda não há confirmação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.