Thaisa Galvão

26 de outubro de 2017 às 1:22

Doença de Temer durou tempo do placar ficar favorável e irreversível [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A doença do presidente Michel Temer (PMDB), durou o tempo suficiente dele saber que não seria investigado e que a denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República seria enterrada.

Foi só o placar da Câmara indicar, mesmo antes de encerrada a votação, que a situação era irreversível e definida em favor do governismo, que Temer deixou o Hospital do Exército, em Brasília.

Pode ter sido só coincidência.

Ahn?

Você também não acreditou????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.