Thaisa Galvão

24 de dezembro de 2017 às 18:16

Desembargadora Judite Nunes decreta ilegalidade da greve das polícias e aplicação de multa caso paralisação continue [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Contrariando a decisão do desembargador Dilermando Mota, do Tribunal de Justiça do RN, a desembargadora Judite Nunes decretou, neste domingo, a ilegalidade da greve dos policiais militares e civis.

Mas, na sua decisão, a desembargadora chamou atenção do Governo para cumprir os compromissos com a categoria.

No decreto da desembargadora está a aplicação de multa para a associação representante da categoria caso os policiais não retornem ao trabalho.

Uma resposta para “Desembargadora Judite Nunes decreta ilegalidade da greve das polícias e aplicação de multa caso paralisação continue”

  1. Lindemberg Fernandes disse:

    Infelizmente a falta de compromisso por parte do governo com relação a todas as categorias do funcionalismo público está prejudicando toda a sociedade, está na hora dos órgãos públicos que são responsáveis por fiscalizar o governo, cobrar do mesmo responsabilidade na gestão dos recursos que são disponibilizados pelo governo federal entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*