Thaisa Galvão

1 de maio de 2018 às 14:05

Raquel Dodge pede condenação de Lula, Gleisi Hoffman, Paulo Bernardo, Palocci, Dall’agnol e Marcelo Odebrecht [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Lula, a senadora Gleisi Hoffmann e o marido Paulo Bernardo, Antônio Palocci, Leones Dall’agnol e o empresário Marcelo Odebrecht foram denunciados pela Procuradoria Geral da República.

A denúncia foi apresentada ontem por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

Se o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), acatar, os seis passarão a responder a processo no STF na condição de réus.

O ex-presidente Lula, já condenado a 12 anos, está preso.

Gleisi é presidente do PT.

O marido Paulo Bernardo foi ministro do governo Lula.

Palocci foi ministro dos governos Lula e Dilma e está preso.

Dall’agnol foi chefe de gabinete da Casa Civil da Presidência da República.

Marcelo estava preso em Curitiba e se mantém em prisão domiciliar.

Na denúncia, a procuradora-geral Raquel Dodge pede:

-Condenação de Lula, Paulo Bernardo, Palocci e Dall’agnol por corrupção passiva

-Condenação de Gleisi por lavagem de dinheiro

-Condenação de Marcelo Odebrecht, por corrupção ativa

-Pagamento, por Lula, Bernardo e Palocci, de R$ 40 milhões e outros R$ 10 milhões a título de reparação de danos, material e moral coletivo

-Pagamento, por Gleisi, Paulo Bernardo e Dall’agnol, de R$ 3 milhões como ressarcimento pelo dano causado ao erário.

1 de maio de 2018 às 13:49

Governador de SP diz que capital tem cerca de 150 prédios em risco ocupados irregularmente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador de São Paulo, Márcio França, afirmou que acompanha cerca de 150 prédios ocupados irregularmente na capital paulista, e que somente no quadrilátero onde houve o desabamento, há mais 8 prédios ocupados na mesma situação.

“Ele são ocupados indevidamente. Os prédios são particulares, o Estado não pode ir lá e tirar as pessoas de dentro. Quando a gente tira, como agora estamos fazendo apartamento no Centro em um outro lugar, duas mil novas unidades, é uma briga judicial o tempo todo”, afirmou o governador em entrevista ao G1.

“Nessas condições é impossível viver, porque eles vão jogando lixo pelo fosso do elevador e vai acumulando, e aquilo vai criando uma combustão automática. Com um pouquinho de fogo, aquilo já vira uma tragédia desse jeito”, disse o governador que considerou o ocorrido como uma “tragédia prevista”.

“Esse tipo de moradia é inabitável. Ficar aqui é procurar uma encrenca cada vez maior”, afirmou o governador.

“Quem acha que ajuda, falando em resistência, proporciona uma tragédia como essa. Esse lugar não é apropriado e eles pensam que queremos tirar as pessoas para favorecer o dono do imóvel”, disse o governador.

1 de maio de 2018 às 12:53

Vídeo: Temer confirma que prédio era da União, garante apoio aos desabrigados e é hostilizado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer, que está em São Paulo neste feriado, foi ver de perto o prédio que desabou e garantir apoio às famílias que ali moravam.

Ele confirmou que o edifício pertence à União.

Durante entrevista foi hostilizado por algumas pessoas presentes.

Veja o que disse o presidente:

1 de maio de 2018 às 12:50

Vídeo: Veja o momento do desabamento do prédio de 24 andares em São Paulo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Morador de imóvel vizinho ao Edifício Wilton Paes de Almeida, filmou o exato momento em que o edifício em chamas desabou.

Pertencente à União, o prédio no Largo do Paissandu era ocupado irregularmente por cerca de 90 famílias.

Uma pessoa morreu e os bombeiros continuam fazendo buscas por desaparecidos.

O Wilton Paes de Almeida tinha 24 andares e já abrigou a sede do INSS e da Polícia Federal.

Em 1992 foi tombado por ser considerado “bem de interesse histórico, arquitetônico e paisagístico”.

Apesar disso, não recebeu os cuidados devidos já que foi ocupado irregularmente.

Veja o exato momento em que o prédio em chamas desabou: