#JornalismoSemFakeNews

28 de julho de 2018 às 2:18

Em discurso de lançamento de candidatura, Fátima Bezerra afirma que RN poderá eleger 3 senadores nas eleições de outubro

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A senadora Fátima Bezerra recebeu mais uma carta do ex-presidente Lula nesta sexta-feira, no lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Rio Grande do Norte.

A segunda carta em poucos dias.

Dessa vez ele pediu o “suor de cada um” para eleger Fátima governadora.

“Não vou fazer uma campanha por demagogia, porque sei da situação em que se encontra o Estado. Mas esta aliança, que está crescendo com os diversos segmentos, será uma aliança com o povo que não vai se encerrar no dia da eleição, será uma gestão que vai dialogar com os empresários, com os trabalhadores, com toda a sociedade. Para que o povo diga ‘valeu a pena’ eleger essa professora, de origem popular, governadora do Rio Grande do Norte”, disse Fátima em seu discurso, diante da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann e do ex-presidente da Câmara, deputado federal Marco Maia.

Fátima anunciou que neste sábado em mais uma plenária do PT será definido o nome do segundo pré-candidato ao Senado da coligação PT, PHS, PCdoB, adiantando que será um nome do PT.

Na realidade o partido vai reiterar o nome do médico Alexandre Motta que já vem fazendo campanha como pré-candidato pelo estado afora.

Além dos dois senadores da coligação, acreditando na sua eleição para o governo, a petista acenou para uma renovação maior do que o Senado carece.

E lembrou que sua eleição para o Governo abrirá a terceira cadeira de senador na bancada do Rio Grande do Norte, elegendo Zenaide Maia e Alexandre Motta e colocando na sua vaga, o suplente Jean-Paul Prates.

Fotos Márlio Forte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.