#JornalismoSemFakeNews

11 de agosto de 2018 às 13:53

Médico Tiago Almeida é inocentado da acusação de propaganda antecipada através de atendimento filantrópico à população

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Justiça inocentou o médico Tiago Almeida, denunciado por propaganda eleitoral antecipada.

Tiago, que chegou a cogitar disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, fez divulgação do Instituto Mais Saúde.

Na sentença, o juiz Ricardo Tinoco de Góes identificou que não houve prática ilícita cometida pelo então pré-candidato.

“Minha inocência foi comprovada perante a justiça de que não houve pratica ilícita de propaganda eleitoral antecipada, uma vez que, ausente o pedido expresso ou explícito de voto durante os atendimentos pelo Instituto Mais Saúde”, declarou o médico.

Ortopedista, através do Instituto Mais Saúde, Tiago presta serviços filantrópicos há 4 anos em várias cidades do Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.