#JornalismoSemFakeNews

21 de agosto de 2018 às 21:27

TRF-5 reforma decisão e manda fornecer medicamento a menina paraibana que fez desabafo no Senado

[2] Comentários | Deixe seu comentário.

A Quarta Turma do TRF-5, em Recife, acolheu, por unanimidade, nesta terça-feira, o pedido de reconsideração formulado pelo Conselho Federal da OAB para determinar o fornecimento da medicação Spinraza (Nusinersen) à criança paraibana Laíssa Poliana, de 12 anos.

Pela decisão, a União deverá, imediatamente, adotar as medidas necessárias à disponibilização do medicamento e ainda terá que pagar multa de 1% sobre o valor da causa, por litigância de má fé.

O Colegiado acatou a solicitação diante da apresentação de documentos e fatos novos que demonstram a eficácia da medicação, segundo a Anvisa.

Antes do início do julgamento, o advogado Felipe Sarmento, representante do CFAOB, pediu a palavra para esclarecer que estava apresentando novos documentos comprobatórios de que a Turma fora induzida a erro pelo Ministério da Saúde.

*

No dia 13 passado o Blog publicou o desabafo de Laíssa, que tem AME – Artrofia Muscular Espinhal tipo 3, e usava o medicamento, até que o desembargador federal, o alagoano Rubens de Mendonça Canuto, em uma decisão suspendeu o fornecimento do Spinraza.

O desabafo maduro da menina, na Comissão de Direitos Humanos do Senado, comoveu o Brasil.

Veja mais uma vez o discurso de Laíssa “Guerreira”.

2 respostas para “TRF-5 reforma decisão e manda fornecer medicamento a menina paraibana que fez desabafo no Senado”

  1. Carlos Alexandre disse:

    Difícil não se emocionar.

  2. Cássia Floquet disse:

    Amém que foi liberado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.