Thaisa Galvão

30 de agosto de 2018 às 9:10

O #FATO ou #FAKE de Geraldo Alckmin no Jornal Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que foi #FATO e o que foi #FAKE na entrevista do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) no Jornal Nacional desta quarta-feira.

Do G1

(Aécio Neves) foi afastado da presidência do partido. Nunca me passou pela cabeça ser presidente do PSDB. Eu só fui eleito presidente do PSDB porque ele foi afastado. O partido fez o que tinha que ser feito: afastou, fez nova eleição, elegeu uma nova direção partidária e o Aécio responde na Justiça” – #FAKE

Aécio se licenciou da presidência do PSDB. Ele não foi afastado, como afirma o candidato.

Em 18 de maio de 2017, Aécio divulgou nota comunicando que estava se licenciando da presidência do partido e indicando à Executiva Nacional do PSDB o nome do senador Tasso Jereissati (CE) para exercer a função interinamente.

Pressionado, em 9 de novembro Aécio afastou Tasso, reassumiu a presidência e indicou o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman para o posto. Ele deixou o cargo. Novamente, não foi afastado.

Em 9 de dezembro, na convenção nacional do PSDB, foi eleito Geraldo Alckmin para a presidência.

*

Em Alagoas… Questão local, eu não sou candidato a presidente da República do Fernando Collor de Mello nem do PTC. O PTC não me apoia, a coligação do PTC não é com o PSDB” – #FATO

*

O Eduardo Azeredo já está afastado da vida pública há quase dez anos” – #FAKE

Eduardo Azeredo renunciou ao mandato de deputado federal em 19 de fevereiro de 2014. Naquele dia, a carta de renúncia foi lida no plenário da Câmara dos Deputados. A leitura do documento era necessária para que o ato de renúncia fosse oficializado.

*

Tínhamos, em 2001, 13 mil assassinatos por ano. Reduzimos para 11,10, 9, 8, 7, 8, e, no ano passado, 3.503, para 45,5 milhões de habitantes. São Paulo é maior que a Argentina” – #FATO

*

Quando o Fernandinho Beira-Mar, que é aqui do Rio de Janeiro, o governo federal não tinha onde colocá-lo, não existia penitenciária de segurança máxima no Brasil. Nós já tínhamos em São Paulo três penitenciárias de segurança máxima” – #FAKE

Fernandinho Beira-Mar chegou à Penitenciária de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo, em 27 de fevereiro de 2003. Na ocasião, já existiam pelo menos três presídios de segurança máxima no Rio de Janeiro: Bangu 1, onde estava o traficante, Bangu 2 e Bangu 3. O primeiro foi inaugurado em 1988.

*

Não tem (comunicação com o mundo exterior). Nós temos o scanner, nós temos controle, nós temos penitenciária de segurança máxima antes do governo federal. Tem regime disciplinar diferenciado, isolamento absoluto” – #FAKE

Investigação do Ministério Público de São Paulo revelada em julho deste ano mostra que a facção criminosa PCC mandou matar centenas de pessoas em vários estados do Brasil a partir da Penitenciária 2, de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo. As ordens e os pedidos de autorização para o assassinato de rivais da facção chegavam e saíam da penitenciária por meio de cartas, que, depois de lidas, eram descartadas na rede de esgoto, de acordo com a Promotoria. Telas instaladas no encanamento ajudaram a represar o material.

Entre os pedidos de assassinatos estão os que originaram a rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, em janeiro de 2017, que terminou com 26 mortos; a rebelião em Crateús, no interior do Ceará, em outubro de 2017, quando três pessoas foram encontradas mortas a tiros e facadas na Zona Rural da cidade; e o assassinato do agente penitenciário Alex Belarmino Almeida Silva, morto com 23 tiros em setembro de 2016, em Cascavel, Paraná.

*

Você sabe quantos presos nós temos em São Paulo? 228.000 presos, nós temos 22% da população brasileira, 35% da população carcerária” – #FATO

*

Quando eu assumi o governo em 2011, ele (Paulo Vieira de Souza) já estava fora do governo (…) Quando eu assumi o governo, o Rodoanel Sul estava inaugurado e ele não estava mais no governo” – #FATO

*

As minhas campanhas sempre foram feitas de maneira simples. E rigorosamente dentro da lei. Nunca teve cartão nenhum. Aliás, a própria pessoa que fez essa delação, ela nem participou da reunião, ela mesmo disse” – #NãoébemAssim

Quando foi candidato à Presidência da República em 2006, Geraldo Alckmin gastou R$ 79,2 milhões, de acordo com o TSE. Ficou atrás apenas de Lula (PT), vencedor daquela eleição, que gastou R$ 91,4 milhões na campanha.

Nas últimas duas campanhas para governador de São Paulo, foi um dos que mais gastaram, segundo dados do TSE. Em 2010, R$ 34,2 milhões, a maior do pleito, acima de Aloízio Mercadante (PT), com R$ 20,2 milhões, e Paulo Skaf (PSB), com R$ 18,2 milhões. Na campanha para reeleição, em 2014, R$ 40,3 milhões, sendo superado naquela eleição apenas por Alexandre Padilha (PT), que gastou R$ 47,9 milhões.

30 de agosto de 2018 às 8:54

O #Fato ou #Fake dos entrevistadores do Jornal Nacional [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Na entrevista de ontem no Jornal Nacional, com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), faltou alguém explicar para a jornalista Renata Vasconcellos que as alianças nos estados nunca refletem as alianças nacionais…

E que muitas vezes, dentro dos próprios estados, as alianças nos municípios, nem sempre combinam com os palanques majoritários em caso de eleições estaduais…

Aí querer enfiar uma aliança do estado de Alagoas no palanque presidencial foi pra lá de forçar a barra com base em desinformação.

Se houvesse o #Fato e #Fake para os entrevistadores, a pergunta da jornalista seria #Fake.

Veja a íntegra do trecho polêmico da entrevista.

 

Renata Vasconcellos: Por exemplo, falando, um dos seus aliados nessa eleição é Fernando Collor de Mello, do PTC. Eu vou ler o histórico dele aqui: já sofreu um impeachment por denúncia de corrupção, todos os brasileiros sabem bem. Na Lava Jato, ele é réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele ainda é investigado em mais quatro inquéritos. Em uma entrevista que o senhor deu no Bom Dia Brasil…

 

Geraldo Alckmin: Renata, o PTC…

 

Renata Vasconcellos: Deixa eu só terminar, perdão. Em uma entrevista que o senhor concedeu, até para mim mesmo, no Bom Dia Brasil, em 2006, quando o senhor foi candidato à Presidência da República pela primeira vez, o senhor disse para mim o seguinte: “Na política é importante”… “Em política é importante”, palavras suas, “Diga-me com quem andas e eu direi quem és”. O senhor repetiria hoje essa frase tendo ao lado Fernando Collor de Mello, por exemplo?

 

Geraldo Alckmin: O PTC não me apoia, ele apoia outro candidato. A coligação do PTC não é com o PSDB. A minha coligação tem oito partidos, não está o PTC. Então, não me apoia, não está na minha coligação. A coligação, ela é importante porque o Brasil tem pressa. Quem assumir em janeiro, em 1º de janeiro, precisa ser rápido, aproveitar a força do voto, a força do povo, para fazer as reformas rapidamente.

*

Lá na frente ela quis justificar a pergunta mal feita com a aliança do PTC com o PSDB em Alagoas…

Menos, né?

A impressão que deu é que os entrevistadores estudaram muito para emparedar Ciro Gomes (PDT) e Bolsonaro (PSL), e procuraram saber pouco sobre o terceiro entrevistado.

30 de agosto de 2018 às 8:11

Vídeo: Veja a entrevista de Geraldo Alckmin ao Jornal Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O candidato a presidente Geraldo Alckmin (PSDB) foi o terceiro, dos quatro entrevistados do Jornal Nacional, da Rede Globo.

E depois de Ciro Gomes (PDT) e Bolsonaro (PSL), o candidato tucano não se livrou das perguntas “chateadas” dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos.

Renata formulou uma longa pergunta, cheia de afirmações, para morrer na praia.

Foi quando ela, numa geral sobre corrupção, disse que Alckmin tinha apoio de Fernando Collor, condenado, afastado da presidência, réu na lava-jato…

Foi aí que Alckmin disse que o PTC de Collor não faz parte de sua coligação.

Se ela fosse Ana Maria Braga teria passado urgentemente por debaixo da mesa…

Se você perdeu a entrevista, segue a íntegra:

29 de agosto de 2018 às 16:49

Vice de Bolsonaro está no Midway Mall em Natal [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem está no Midway Mall, em Natal, neste momento: o General Mourão, vice do presidenciável Bolsonaro.

Ele chegou pela entrada do Teatro Riachuelo, acompanhado do General Girão, ex-secretário de Segurança no governo Rosalba, que é candidato a deputado federal.

General da reserva do Exército, Hamilton Mourão é filiado ao PRTB.

Mourão no centro e Girão na ponta à direita

29 de agosto de 2018 às 16:24

Deputado Nelter Queiroz é o aniversariante do dia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Nelter Queiroz (MDB), candidato à reeleição, é aniversariante do dia.

Na foto com o pai, ex-deputado Nelson Queiroz, mulher, filhos…

Família com quem festeja a data.

29 de agosto de 2018 às 15:40

Carlos Eduardo dedica dois dias da campanha a Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT), dedica esses dois dias de campanha a Natal e uma ida ao distrito industrial de Macaíba.

Ontem ele foi a encontros de lideranças.

Com o vereador Preto Aquino (Patri), participou de reunião com o deputado federal Walter Alves (MDB) e o candidato a estadual Adjuto Dias (MDB).

O candidato também participou de reunião com sua candidata a estadual – do seu PDT – vereadora Nina Souza e com o deputado federal candidato à reeleição, Beto Rosado (PP).

29 de agosto de 2018 às 12:14

Em nota Codern diz que barco com contrabando não foi apreendido no Porto-Ilha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Codern, sobre a apreensão de um barco com2 milhões em contrabandos, apreendido no porto de Areia Branca.

Nota

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN – esclarece que a apreensão de mercadoria em Areia Branca não foi no Porto-Ilha, nem nas dependências da Companhia e não tem nenhuma relação conosco.

29 de agosto de 2018 às 11:45

Prefeito Alaor faz movimento em Itajá para os candidatos Robinson e Tião [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na noite de terça-feira, o governador-candidato Robinson Faria (PSD) e o vice Tião Couto (PR) foram recebidos pelo prefeito Alaor no município de Itajá.

Veja momentos da mobilização:

No vídeo postado pelo vice Tião Couto, a passagem dos candidatos com o prefeito Alaor, pelas ruas da cidade.

Tião destacou os eventos abertos da coligação

E no vídeo das redes sociais do governador

29 de agosto de 2018 às 11:16

Fátima Bezerra, Zenaide e Alexandre Motta começam nova etapa da ‘Caravana do Coração’ e percorrerão 38 municípios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A senadora-candidata Fátima Bezerra (PT) segue hoje com a segunda etapa de sua ‘Caravana do Coração’.

Acompanhada dos candidatos ao Senado Zenaide (PHS) e Alexandre Motta (PT), a caravana vai percorrer 38 cidades do estado.

A caravana saiu de Parnamirim e hoje segue por São José de Mipibu, Nísia Floresta, Georgino Avelino, Arês, Goianinha, Canguaretama, Pedro Velho, Montanhas e Nova Cruz.

Amanhã o roteiro inclui Monte das Gamaleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa Dantas, São José do Campestre, Tangará, Santa Cruz, Lajes Pintada, Campo Redondo e Currais Novos.

Na sexta-feira a Caravana percorrerá as cidades de Cruzeta, Acari, Carnaúba dos Dantas e Parelhas.

No sábado os candidatos passarão por Equador, Santana do Seridó, Ouro Branco, Ipueira, São João do Sabugi, Caicó (onde haverá carreata), Jardim de Piranhas e Serra Negra do Norte.

Em Serra Negra, Fátima e sua comitiva participarão do encontro de sanfoneiros e da abertura da Festa do Agricultor.

Em Parnamirim, a senadora Zenaide e o deputado estadual Carlos Augusto Maia (PHS)..

29 de agosto de 2018 às 9:17

Carga contrabandeada avaliada em 2 milhões é apreendida no porto de Areia Branca e 5 pessoas são presas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1 RN

Mercadorias contrabandeadas, avaliadas em cerca de R$ 2 milhões, foram apreendidas pela Polícia Civil na madrugada desta quarta-feira (29) no município de Areia Branca, na região da Costa Branca potiguar.

Cinco pessoas foram presas.

De acordo com o delegado Renato Oliveira, a carga estava em um barco que partiu do Pará. Entre os produtos apreendidos estão óculos, tênis e roupas.

“A mercadoria, que não tem notas fiscais, era destinada a dois secretários de Areia Branca.

Todo o material vai ser levado para a Polícia Federal, que deve intimar e ouvir os secretários”, acrescentou o delegado.

29 de agosto de 2018 às 9:04

Os #Fatos e #Fakes da sabatina de Bolsonaro [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O que foi #Fake e o que foi #Fato na entrevista de Jair Bolsonaro ao Jornal Nacional?

O G1 mostrou.

Confira declarações de Bolsonaro e as explicações sobre cada uma:

Mantive a minha linha em Brasília, inclusive citado no Mensalão por Joaquim Barbosa como o único deputado da base aliada que não foi comprado pelo PT” – #NãoébemAssim

A citação a Joaquim Barbosa sobre Bolsonaro se referiu a uma votação específica que aconteceu em outubro de 2003, e não a todo o esquema do mensalão do PT.

Durante o seu voto no julgamento, Barbosa citou a votação da Lei de Falências para exemplificar a compra de votos no Congresso. Ele afirmou que “os líderes dos quatro partidos cujos principais parlamentares receberam recursos em espécie do Partido dos Trabalhadores orientaram suas bancadas a aprovar o projeto” e que “somente o sr. Jair Bolsonaro, do PTB, votou contra a aprovação da referida lei”. “Todos os demais votaram no sentido orientado pelo líder do governo e do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados”, disse, na ocasião. O ex-ministro afirmou, porém, que “vários parlamentares do PT também desobedeceram à orientação da liderança do partido e do governo e votaram contra a subemenda em referência”.

*

“[Fui] citado por Alberto Youssef como um dos três deputados do PP que não buscou dinheiro na Petrobras” – #FATO

*

A CLT já garante salários iguais para homens e para mulheres” – #FATO

*

Evitar que para se abrir uma empresa leve em média 100 dias no Brasil. E isso tem que fazer para ajudar a ter emprego no Brasil” – #FATO

*

Eu fui o único a votar contra [a PEC das Domésticas] em dois turnos” – #FAKE

Nenhum deputado votou contra a PEC das Domésticas nos dois turnos de votação no plenário da Câmara. No 1º turno, em 21 de novembro de 2012, Bolsonaro estava ausente e não participou da votação da proposta. Naquela vez, apenas os deputados Roberto Balestra (PP-GO) e Zé Vieira (PR-MA) foram contra a PEC.

No 2º turno, em 4 de dezembro de 2012, dois deputados se posicionaram contra a proposta: o deputado Vanderlei Siraque (PT-SP) e o candidato a presidente pelo PSL, deputado Jair Bolsonaro, então filiado ao PP do Rio de Janeiro.

*

Em novembro de 2010, estava passando pelos corredores da Câmara e tomei conhecimento que tinha acabado o 9º Seminário LGBT Infantil” – #FAKE

Não ocorreu na Câmara dos Deputados, em novembro de 2010, nenhum evento chamado “9º Seminário LGBT Infantil”.

Em maio de 2012, foi organizado no auditório Nereu Ramos, da Câmara, o “9º Seminário LGBT no Congresso Nacional”, um evento realizado anualmente. Naquele ano, foram discutidos os temas “infância e sexualidade”.

29 de agosto de 2018 às 8:46

Vídeos: Da oração ao “kit gay”, os bastidores da entrevista de Bolsonaro n Globo pelo senador Magno Malta [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os bastidores da entrevista de Jair Bolsonaro na TV Globo.

O senador e pastor Magno Malta comandou o movimento e começou com uma oração antes da chagada à emissora, onde “entregou” a Globo a Deus, para evitar que a mesma continue “destruindo famílias”.

Magno acompanhou Bolsonaro ao estúdio da Globo.

E dentro da emissora, “curtiu com a cara” da TV.

Depois da entrevista, Magno Malta fez uma transmissão ao vivo onde fez questão de mostrar o livro do “kit gay” que Bolsonaro foi impedido, pelas regras da sabatina, a mostrar durante a entrevista.

Ao vivo na live de Magno Malta, Bolsonaro falou que o “kit gay” que estimula a pedofilia, foi criado na gestão do “reserva de Lula”, o petista Fernando Haddad, quando ministro da Educação.

28 de agosto de 2018 às 21:37

Vídeo: Confira a entrevista de Jair Bolsonaro ao Jornal Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Perdeu a entrevista do presidenciável Jair Bolsonaro no Jornal Nacional, da TV Globo?

No link abaixo confira a queda de braço entre Bolsonaro e os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcelos.

28 de agosto de 2018 às 21:30

Deus, Família, Brasil: a cola de Bolsonaro no Jornal Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Info Money

Bolsonaro usa cola na mão durante sabatina no Jornal Nacional

Por: Rodrigo Tolotti Umpiere

SÃO PAULO – Assim como ocorreu durante o debate na RedeTV!, o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, usou uma cola na mão durante a entrevista realizada no Jornal Nacional desta terça-feira (28).

Na imagem era possível ver que três palavras estavam escritas na mão esquerda do deputado: “Deus”, “Família” e “Brasil” (esta terceira mais difícil de ser identificada).

No último dia 18, após o debate, Bolsonaro foi questionado pela reportagem da Folha de S. Paulo sobre a “cola” que leu na própria mão durante o debate antes de fazer uma pergunta a candidata Marina Silva. O deputado do PSL escreveu à caneta em sua mão os tópicos que deveria tratar no frente a frente com Marina: “armas”, “pesquisa” e “Lula”

Ele mostrou irritação e mandou a reportagem “plantar batatas”.

“O que tem? Você sabe o que está escrito? Quer saber o que está escrito? O que mais quer saber? Quer saber a cor da minha cueca? Vai plantar cebola, vai plantar batata, rapaz”, disse o candidato na ocasião.

28 de agosto de 2018 às 16:54

Governo inicia pagamento da folha de agosto e anuncia calendário do mês [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Estado paga a partir de sexta-feira (31) os salários de agosto dos funcionários que trabalham na Educação, Detran, Ipern, Idema, Junta Comercial, DEI e Arsep.

Na quinta (06) recebem os servidores da área de segurança: Sesed, Senuc, PC, PM, CBM, Itep e policiais do GAC e da vice-governadoria (ativos, reformados e pensionistas).

Ainda na quinta (06) recebem todos os servidores ativos da Saúde, independente da faixa salarial, e os servidores ativos e inativos das demais secretarias que ganham até R$ 4 mil.

Na segunda (10) recebem todos os demais servidores que ganham acima de R$ 4 mil, totalizando 100% da folha de agosto.

O décimo-terceiro já foi pago para 75% dos servidores, sendo 81% pago no caso dos policiais militares.

Sobre os 25% restantes do décimo, para salários acima de R$ 4 mil, o Governo informa que segue acompanhando as receitas, para anunciar em brevea finalização do pagamento.

28 de agosto de 2018 às 14:04

Fiern divulgará nova pesquisa no domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Fiern vai divulgar domingo, em suas redes sociais, a terceira da série de pesquisas eleitorais encomendadas ao instituto Certus.

A pesquisa começou a ser feita no dia 24 e foi registrada hoje.

O instituto Certus, contratado com exclusividade pela Fiern, ouvirá 1.410 eleitores.

28 de agosto de 2018 às 13:54

JN: Bolsonaro será o entrevistado de hoje de William Bonner e Renata Vasconcelos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A TV Globo segue hoje com as entrevistas dos presidenciáveis no Jornal Nacional.

O entrevistado de hoje será o candidato Jair Bolsonaro (PSDL).

A entrevista será conduzida pelos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos, e terá o tempo de 27 minutos.

28 de agosto de 2018 às 13:49

Os fatos e fakes da entrevista de Ciro Gomes: Presidente do PDT Carlos Lupi é réu [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Globo divulgou hoje o que foi Fato e o que foi Fake na entrevista do presidenciável Ciro Gomes (PDT), que foi ao ar ontem no Jornal Nacional.

Confira as declarações de Ciro e seus significados:

 

“Réu ele (o Carlos Lupi) não é” – #FAKE

O presidente do PDT, Carlos Lupi, é, sim, réu em uma ação civil pública por improbidade administrativa que tramita na 6ª Vara Federal de Brasília. Segundo o Ministério Público Federal, em 2009 ele viajou para agendas oficiais como ministro do Trabalho em uma aeronave alugada pelo dono de uma empresa que tinha interesses em contratos com o ministério. O MPF diz que contratos foram assinados com a empresa após a viagem. A Justiça aceitou a ação civil pública em 2015.

*

“63 milhões de pessoas humilhadas com o nome sujo no SPC” – #FATO

*

“220 mil lojas, nos últimos três anos para cá, foram fechadas” – #FATO

*

“Ela (Kátia Abreu) é uma pessoa que conhece a economia rural brasileira como poucos, foi ministra da Agricultura, votou contra o impeachment, votou contra o golpe, votou contra a Reforma Trabalhista selvagem que está destruindo a relação de trabalho no Brasil” – #FATO

*

“Um pente-fino em todas as renúncias fiscais, que são R$ 354 bilhões” – #FATO

*

“[No Ceará] Uma de cada três escolas (do ensino médio) já é ensino em tempo integral profissionalizante” – #NãoébemAssim

Ao todo, 33% das 653 escolas de ensino médio da rede estadual do Ceará oferecem ensino em tempo integral, de acordo com o Censo Escolar de 2017, do Inep. No entanto, mesmo nessas unidades nem todos os alunos estudam em tempo integral. Apenas 21% das escolas têm mais de 70% dos matriculados nessa modalidade. Em 12% da rede estadual, menos de 70% dos alunos têm acesso ao ensino integral.

*

“As bolsas da Capes estão suspensas para o ano que vem” – #FAKE

As bolsas não estão suspensas. O Conselho Superior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) chegou a alertar no início de agosto que, caso o governo federal mantivesse a decisão de cortar 11% do Orçamento do órgão para o ano que vem, podiam ser suspensos os pagamentos “de todos os bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir de agosto de 2019”.

*

“A Colômbia está recebendo mais de 500 mil venezuelanos” – #FATO

28 de agosto de 2018 às 13:04

Aviso aos candidatos: Cuidado com Alice [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para os candidatos nestas eleições…

Todo cuidado é pouco com Alice.

Alice não tem cara, não tem identidade, não tem cargo…

Mas rastreia a vida de qualquer um.

Mas, há quem diga que Alice é pouco.

E por pouco mais do que ela vale, contratou um superior de Alice.

28 de agosto de 2018 às 9:08

Saiba como os candidatos podem usar as redes sociais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo:

Entenda o que pode e o que é proibido nas redes sociais na eleição

Postagens pagas por candidatos são permitidas e uso de robôs é vetado

 

A eleição de 2018 será a primeira com uma legislação específica que prevê o que os candidatos podem fazer e o que ilegal fazer nas redes sociais.

O uso do Facebook, Twitter, Instagram e outras redes sociais são permitidos nas campanhas. Há, porém, limitações de práticas. O candidato pode, por exemplo, pagar para aumentar o alcance de postagens.

É ilegal, porém, que um eleitor financie diretamente essas postagens. Elas só podem ser pagas pela candidatura e precisa estar registradas em prestações de contas.

 

Veja o que é permitido e o que é proibido nas redes sociais:

 

Candidaturas podem pagar para aumentar alcance de postagens nas redes sociais?

 

Sim, as candidaturas podem patrocinar e aumentar o alcance de publicações pagando para empresas de redes sociais, casos de Facebook, Twitter e Instagram. Com isso, conseguem atingir mais internautas.

Por exemplo: um post sem pagamento alcança um percentual de usuários que varia e é determinado pelo Facebook. Se um candidato paga para impulsionar a publicação, a rede social amplifica esse alcance e o conteúdo é exibido para mais pessoas.

Esse pagamento precisa ser declarado na prestação de contas da campanha. A rede social informa aos usuários que o post é patrocinado.

 

Pessoas físicas, eleitores de um determinado candidato, podem pagar para impulsionar publicações dele nas redes sociais?

 

Não, apenas as campanhas estão liberadas para pagar às redes sociais.

Um eleitor não pode financiar uma postagem de um candidato para que ela tenha maior alcance.

Isso configura crime eleitoral e pode ser punido com multa no valor “de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a R$ 30.000,00 (trinta mil reais) ou em valor equivalente ao dobro da quantia despendida”, segundo a lei nº 13.488, de 2017, que inclui e alterou alguns pontos da lei eleitoral vigente.

 

Candidatos podem pagar a usuários com muitos seguidores para eles postarem comentários elogiosos?

 

Não, isso é considerado crime eleitoral e passível de punição e multa de “de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a R$ 30.000,00 (trinta mil reais)” e processo criminal e civil, dependendo do caso, segundo o TSE.

“É vedada a veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral paga na internet, excetuado o impulsionamento de conteúdos”, diz o artigo 57 da lei nº 13.488.

 

Campanhas podem usar robôs para aumentar a influência de postagens nas redes sociais?

 

Não, é proibido o uso de perfis falsos e robôs, programas que replicam postagens e controlam contas e imitam o comportamento de usuários nas redes sociais para influenciar assuntos mais comentados e buscas.

Segundo pesquisa da FGV, 10% das interações no Twitter, relacionadas com as eleições presidenciais de 2014 foram realizadas por contas vinculadas a robôs.