#JornalismoSemFakeNews

9 de setembro de 2018 às 21:55

Sem ataques a Bolsonaro, presidenciáveis repensam estratégias de campanha

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Complicou para os candidatos a presidente da República que traçaram toda a estratégia de campanha em cima de críticas ao líder nas pesquisas – sem a presença de Lula – Jair Bolsonaro.

E todos tiveram que rever estratégias…

Ficou esquisito para todos: no dia que Bolsonaro foi atingido por uma facada, todos os presidenciáveis emitiram nota de repúdio à violência e se solidarizaram com o candidato.

Isso à tarde, quando aconteceu o ataque.

Aí pouco depois, às 8 da noite, quando começou a propaganda eleitoral na TV, lá estavam todos atacando Bolsonaro, com quem tinham se solidarizado há pouco tempo.

Essa distorção obrigou o marketing dos candidatos a recriar as campanhas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.