#JornalismoSemFakeNews

9 de dezembro de 2018 às 18:37

Com apoio do prefeito cassado e mesma vice na chapa, Adriano Diógenes se elege no pleito suplementar de Guamaré

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Candidato apoiado pelo prefeito cassado Hélio de Mundinho, do MDB, Adriano Diógenes foi eleito prefeito de Guamaré, no pleito suplementar ocorrido hoje.

A vice eleita foi a mesma da chapa do prefeito cassado: Iracema Maria.

Como a cassação foi apenas do prefeito e não foi por crime eleitoral, a vice pôde ser mantida na chapa puro sangue do MDB, que venceu com 6.176 votos, o que corresponde a 52,43% dos votos válidos.

O candidato Mozaniel Rodrigues, do Solidariedade, ficou com 47.57% dos votos válidos.

A totalizacão dos votos aconteceu às18h.

Os eleitos serão diplomados no dia 19 de dezembro, mesma data da diplomação dos eleitos no pleito estadual.

O presidente do TRE-RN, desembargador Glauber Rêgo, acompanhado do juiz Emanuel Telino Monteiro, visitou várias seções eleitorais em Guamaré e constatou o clima de tranqüilidade durante o dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.