#JornalismoSemFakeNews

12 de janeiro de 2019 às 12:08

Declaração infeliz do presidente do PSL no RN bate de frente com o que tem dito o presidente Jair Bolsonaro

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na contramão do artigo do deputado João Maia, foi pra lá de infeliz a declaração do presidente do PSL no Rio Grande do Norte, Coronel Hélio Oliveira.

“Temos um Estado que não ajuda muito o Governo Federal, mas na hora de pedir, sabe pedir”, disse o Coronel, claro, sem ter muita ideia de como funcionam os governos…

O falar por falar falou mais alto nas palavras do militar que não desceu do palanque até porque nunca subiu.

Ele falou, segundo sua assessoria de imprensa, que o RN dispõe de órgãos federais para que a política de Bolsonaro possa chegar à população, “que é quem está na ponta do sistema e quem mais precisa”…

Todo mundo sabe que todo mundo sabe que governo de estado não pede nada a governo federal.

Cobra.

E que governo federal não atende pedido de estado: tem obrigação.

É assim que a banda toca e quando o presidente Jair Bolsonaro diz que não vai discriminar estados governados por partidos adversários, e que vai dar prioridade ao Nordeste, é porque, ao contrário do comando do seu partido no Rio Grande do Norte, ele sabe como a banda toca.

Ele sabe, inclusive, que em muitos e muitos casos, para o governo federal chegar a um estado, não basta ter um órgão federal.

É PRECISO ter um governo estadual.

É assim que a banda toca.

Em estados administrados pelo PT ou pelo PSL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.