Thaisa Galvão

20 de fevereiro de 2019 às 0:25

Alvo da lava-jato, ex-senador tucano Aloysio Nunes Ferreira deixa cargo no governo de João Doria em São Paulo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Alvo de mandado de busca e apreensão em mais uma fase da operação lava-jato, nesta terça-feira, o ex-senador pelo PSDB de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira Filho, pediu demissão da presidência da InvestSP, agência paulista de promoção de investimentos, ligada à Secretaria da Fazenda, Planejamento e Gestão, chefiada por Henrique Meirelles no governo paulista.

Nunes Ferreira havia sido nomeado pelo governador João Doria (PSDB).

O ex-senador entregou carta a Doria…

Assim, tudo combinado, claro…já que não pegaria bem para o governo de São Paulo…

Em trecho da carta, Aloysio disse que ficou surpreso com a investigação da Polícia Federal.

“Como é de conhecimento de V. Exa., fui surpreendido hoje por um diligência da Polícia Federal em minha casa, em cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*