Thaisa Galvão

21 de janeiro de 2020 às 12:00

Roda Viva: Sergio Moro segue foco no STF ou disputa pela Presidência e deixa claro que não renunciou ao judiciário para ser ministro de Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro da Justiça Sergio Moro foi o primeiro entrevistado da jornalista Vera Magalhães, que estreou nesta segunda-feira como apresentadora do programa Roda Viva na TV Cultura.

Moro se mostrou submisso ao presidente Jair Bolsonaro.

Estratégia de um homem frio para seguir rumo aos seus objetivos.

Todo mundo sabe que todo mundo sabe que o sonho de Moro, que renunciou à profissão de juiz, é ser ministro do STF e ser ministro de Estado seria um canal interessante e mais fácil para ser indicado.

Indicação é o tipo de ‘concurso’ para ocupar o cargo vitalício e Sergio Moro faz o dever bem feitinho para ser indicado.

Mas…ser candidato a presidente da República também poderia estar nos planos para o rumo futuro de Moro, caso entenda que não será indicado para o STF, ou caso passe a não ter do Governo que ocupa, o tratamento compatível com a sua capacidade e a credibilidade que alcançou como juiz da lava jato – sem apoio da esquerda, claro.

Depois da entrevista de ontem, assunto mais comentado no twitter mundial no horário, as redes sociais logo voltaram a produzir a hashteg #MoroHeroiNacional

A comoção nacional mostra que a população de centro para direita torce por uma candidatura de Sergio Moro, contrariando uma possível reeleição de Jair Bolsonaro, o que poderá provocar entre os mais próximos de Bolsonaro, como os filhos dele, por exemplo, uma reação contrária à popularidade de Sergio Moro.

Moro segue pisando em ovos, mas focado.

Ele não deixou de ser juiz para ser ministro de Estado, e isso é fato.

Confira a entrevista de Sergio Moro no Roda Viva.