Thaisa Galvão

31 de janeiro de 2020 às 14:06

Karla Veruska é o nome do Avante para disputar a Prefeitura de Natal e poderá ter o vereador Luiz Almir como vice [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como era de se esperar, o nome do Avante para disputar a Prefeitura de Natal é o da ex-candidata a deputada federal e presidente do partido, Karla Veruska.

O que não se esperava era que a candidatura já nascesse com chapa formada.

O nome do vereador Luiz Almir, que estava filiado ao Avante mas está sem partido, é o que surgiu nas bases do grupo político comandado pelo vereador Raniere Barbosa, marido de Karla e pré-candidato à reeleição.

“Independência” é a palavra pregada por Raniere, que ao lançar a candidatura da mulher, acena para um embate com o prefeito Álvaro Dias e com a governadora Fátima Bezerra, já que Álvaro embora não confirme, vai disputar reeleição, e o PT da governadora já adiantou que terá candidatura própria.

Embate ou aliança?

Há quem diga que dpendendo do que for conversado, o nome de Karla poderá surgir como potencial vice.

De Álvaro ou do PT?

Karla Veruska tem um cargo de secretária adjunta no Governo de Fátima.

31 de janeiro de 2020 às 13:32

Grupo potiguar A.Gaspar constrói ponte estaiada no Pará em 9 meses [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Contrutora do Rio Grande do Norte, a A.Gaspar, do engenheiro Arnaldo Gaspar, entrega hoje com o Governo do Pará, uma ponte estaiada.

Construída em 9 meses.

Estão no Pará para a entrega, além de Arnaldo, os filhos Arnaldo Júnior e Sérgio Gaspar.

O vídeo do Governo do Pará mostra a ponte/

31 de janeiro de 2020 às 11:46

Governo marca nova reunião com forum de servidores para continuar discussão sobre previdência [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A equipe econômica do Estado vai voltar a se reunir com o Forum dos Servidores no dia 5 de fevereiro para continuar a discussão sobre a reforma da Previdência.

“Voltaremos a tratar com os servidores para buscar a melhor proposta. Mas lembro que temos prazo para enviar a reforma para análise e aprovação pela Assembleia Legislativa”, explicou o chefe da Casa Civil, Raimundo Alves.

“Em breve apresentaremos um novo estudo e voltaremos a discutir com o Fórum dos Servidores”, reforçou a secretária de Administração Virgínia Ferreira.

31 de janeiro de 2020 às 11:40

Presidente do Ipern explica que sem reformar Previdência o RN fica impedido de receber recursos federais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do RN reuniu o Forum dos Servidores para apresentar o projeto de reforma da Previdência e explicar que se as medidas não forem aprovadas pela Assembleia Legislativa até março, o Estado ficará impedido de receber repasses e firmar convênios com a União.

O Forum teve acesso à minuta da proposta de emenda à Constituição que visa corrigir as distorções e o déficit na previdência estadual.

Mas as novas alíquotas de contribuição dos servidores ainda estão sendo definidas.

Foto Ivanízio Ramos

Para o presidente do Instituto de Previdência do Estado – IPERN, Nereu Linhares, não há dúvidas sobre a necessidade de reformar a previdência.

“Em todo o mundo a previdência precisa ser revisada periodicamente por que o mecanismo se baseia no tempo médio de vida e no valor da contribuição, que são variáveis em todos os sistemas e precisam ser ajustadas”, explicou Nereu.

“O Estado precisa se adequar às normas federais para receber o Certificado de Regularização Previdenciária – CRP. Sem o CRP o Estado fica impedido de receber repasses financeiros, firmar convênios e obter aval para empréstimos”.

“Dizer que a nossa proposta é mais onerosa que a da União é impróprio. A nossa impacta bem menos junto ao contribuinte”.

“A proposta apresentada para o nosso Estado não é pior que a do Governo Federal”.