Thaisa Galvão

19 de fevereiro de 2020 às 12:16

Bancada feminina lê manifesto contra agressão de cunho sexual e ofensiva feita por Bolsonaro a jornalista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A bancada feminina na Câmara Federal leu, na sessão desta terça-feira, o manifesto divulgado pela Secretaria da Mulher da Casa, contra a agressão de cunho sexual e ofensivo feito por Jair Bolsonaro à jornalista Patrícia Campos Mello.

“Ela queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, disse Jair diante de sua plateia diária, formada diariamente na saída do Palácio da Alvorada com autorização da assessoria oficial.

A deputada potiguar Natália Bonavides (PT) tentou ler o documento, mas o horário de liderança era destinado a deputada do PSOL, Fernanda Melchionna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*