Thaisa Galvão

5 de março de 2020 às 16:53

Pais adotivos surgem para prometer funcionamento do aeroporto já garantido pelo consórcio Inframérica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Se os pais de nascença do aeroporto de São Gonçalo do Amarante não conseguiram conter a falência do filho, não serão os pais adotivos que surgem agora posando de salvadores da pátria.

Desnecessário, a não ser que encontrem um grupo disposto a assumir a gestão do empreendimento.

Porque a Inframerica já anunciou: permanecerá na gestão até que apareça outro grupo interessado em assumir.

Portanto…levantar a bandeira de pai adotivo e salvador do aeroporto de São Gonçalo, não vai colar.

Repetindo:

Não serão os pais adotivos que vão manter o aeroporto funcionando.

O que vai manter o aeroporto funcionando é o grupo Inframerica, que deixou bem claro que vai devolver, mas somente depois que um outro grupo assuma a gestão do empreendimento.

Leia trecho da reportagem do jornal Valor Econômico reproduzido pelo Blog no início da manhã desta quinta-feira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*