Thaisa Galvão

9 de março de 2020 às 2:55

Temendo adversários em 2022, Bolsonaro se afasta de governadores que se unem em torno de pautas importantes parabo Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mesmo afirmando que é presidente do Brasil e que governa para todos, Jair Bolsonaro tem evitado conversar com governadores.

E tudo por causa da pretensa reeleição, ainda em 2022.

O que significa que o distanciamento – péssimo para o país – terá ainda 3 anos.

Bolsonaro, que quer continuar na Presidência, vê como adversários pelo menos 4 governadores: João Doria PSDB), de São Paulo; Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro; Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão e Rui Costa (PT), da Bahia.

Os 4 são cotados para disputarem a Presidência, mas ao contrário de Jair, não começaram a disputa e se uniram em torno de pautas que interessam aos Estados.

São cerca de 20 governadores, de diferentes partidos, discutindo pautas em conjunto.

Eles fazem parte do Forum de Governadores e estão afinados a partir de um grupo de whatsapp.

A união dos governadores tem rendido frutos, como publicado no Globo deste domingo, em reportagem assinada por Thais Arbex.

Leia trecho final da reportagem que revela, por exemplo, resultado positivo do Consórcio Nordeste, criado a partir da união dos governadores de estados nordestinos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*