Thaisa Galvão

27 de março de 2020 às 23:55

Governadora Fátima Bezerra e prefeito de Natal Álvaro Dias afinados nas ações de combate ao coronavírus no Estado e na capital [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto e o secretário de Saúde Cipriano Maia, se reuniram nesta sexta-feira com o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Eles deram continuidade às estratégias conjuntas de prevenção e enfrentamento ao coronavírus (Covid-19).

Foram destacadas as ações que reforçam a importância de manter o isolamento social e a cobrança junto ao Governo Federal por mais recursos para a ampliação dos serviços de atenção à saúde no Estado.

“Nesse momento não podemos deixar de destacar a importância de cobrar ao Governo Federal o envio de recursos para a ampliação do serviço, criação de leitos, equipamentos e toda a estrutura necessária para combater e enfrentar a curva mais elevada da doença que está para chegar muito em breve e precisamos estar preparados”, disse Fátima.

Álvaro anunciou a criação do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19 e uma reunião entre os Comitês Municipal e Estadual será realizada na segunda-feira (30) para dar prosseguimento às ações conjuntas e pensar estratégias no combate ao avanço da doença na capital potiguar.

“A reunião foi muito proveitosa à medida em que podemos trabalhar em conjunto. Discutimos e alinhamos ações conjuntas para enfrentar a pandemia”, disse o prefeito.

Reunião na casa da governadora

27 de março de 2020 às 23:53

Em entrevista coletiva. Fátima anuncia destinação de recursos para municípios do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No começo da tarde a governadora Fátima Bezerra recebeu emissoras de TV em sua casa de onde tem trabalhado.

Ela anunciou que o Governo vai destinar R$ 3,6 milhões para reforçar a rede de assistência social dos 167 municípios potiguares durante a pandemia, para tentar garantir o sustento mínimo e a proteção da população mais vulnerável.

Por meio da Secretaria de Assistência Social (Sethas), o Governo vai efetivar o cofinanciamento de benefícios eventuais, dentro do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) para que as cidades possam atender as necessidades sociais dos potiguares, com vistas a garantir condições básicas de sobrevivência aos mais pobres, em especial a alimentação.

“Nosso governo está preocupado em proteger a população. Em salvar vidas. Sabemos que o coronavírus mata e a fome também. Essa pandemia atinge toda a humanidade, mas afeta em especial as populações mais vulneráveis. As pessoas não devem colocar suas vidas em risco para terem o direito à alimentação garantido”, destaca a governadora Fátima Bezerra.

Confira os vídeos abaixo – da InterTV Cabugi – com a íntegra da entrevista:

27 de março de 2020 às 23:44

Instituto Butantan registra redução de contágio em São Paulo depois que população se conscientizou sobre isolamento [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha

Taxa de contágio pelo novo coronavírus cai em SP depois de isolamento, diz Instituto Butantan

De acordo com estudo da instituição, transmissão, que era de uma pessoa infectada para seis, caiu para duas pessoas por cada pessoa que tem o vírus

Mônica Bérgamo

 

A taxa de contágio pelo novo coronavírus caiu de quase seis pessoas para menos de duas no estado de São Paulo depois que medidas de distanciamento social foram adotadas pelo governo.

Os dados são de um levantamento feito pelo grupo de estudo epidemiológico do Instituto Butantan em parceria com especialistas do centro de contingência do governo, criado para traçar estratégias de combate à Covid-19.

De acordo com os dados, uma pessoa infectada transmitia o vírus para outras seis antes de 16 de março, quando as medidas de distanciamento começaram a ser implementadas.

No dia 20 de março, diz o Butantan, esse número caiu para uma a cada três pessoas. E, no dia 25, a transmissão já era de uma para cada duas pessoas, numa curva descendente.

O estudo compara a evolução da doença em São Paulo e no resto do país.

No dia 16 de março, o estado tinha 152 casos confirmados do novo coronavírus. Chegou a 862 no dia 25, um crescimento de 467,1%.

Já o Brasil, no total, os casos passaram de 234 para 2.433 infecções, um crescimento de 939,7%.

 

O estado já ordenou o fechamento de academias, shoppings centers, parques e comércio. Restaurantes e bares só podem funcionar fazendo entrega delivery ou de produtos para viagem.

Aulas foram suspensas em universidades e em escolas de primeiro e segundo grau.​

27 de março de 2020 às 23:15

Estudo britânico revela que se o Brasil suspender o distanciamento social poderá registrar mais de um milhão de mortes por coronavírus [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Caso a Justiça não derrube a ideia chinfrim do governo federal botar no ar uma campanha estimulando a população brasileira a voltar às ruas, com o tema “O Brasil não pode parar”, o Brasil poderá contabilizar até 1 milhão de mortes por coronavírus.

É o que mostra um estudo liderado pelo Imperial College de Londres, assinado por 50 cientistas, incluindo um grupo relacionado à Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na Itália, o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, admitiu ter errado ao apoiar a campanha “Milão não para”, que pedia que a cidade não paralisasse suas atividades no início da pandemia.

O prefeito se sentiu culpado – e foi – e fez um mea culpa durante um programa de televisão.

Foi tarde.

Milhares de pessoas, que acreditaram nas primeiras declarações do prefeito, já haviam perdido a vida.

 

Ao analisar o impacto em 202 países, o estudo britânico concluiu que, se os governos adotarem medidas rigorosas cedo, como testes de diagnóstico, isolamento de doentes e distanciamento social para frear a disseminação do vírus, 38,6 milhões vidas podem ser salvas.

Isso representa uma redução de mortalidade de cerca de 95%.

O Brasil está entre os países citados.

Em caso de nenhuma estratégia de isolamento e de enfrentamento da pandemia, o Brasil poderia ter mais de 1,15 milhão de mortes devido à Covid-19.

Com estratégias de supressão rígidas para toda a população, que são aquelas que buscam bloquear a circulação do vírus, o estudo diz que o número de mores pode ser reduzido para 44,2 mil.

 

Para o Brasil, no novo estudo, o cenário sem qualquer medida de enfrentamento aponta:

Mortos: 1,15 milhão

Infectados: 187,7 milhões

Hospitalizações: 6,2 milhões

Casos graves: 1,5 milhão

 

Em um cenário com a implementação de medidas parciais de isolamento para a população, com restrições a eventos e aglomerações, o número de mortes cai para 627 mil, e o de infectados para 122 milhões.

 

Há, ainda, um cenário com isolamento imposto somente para idosos:

529 mil mortos

120 milhões de infectados

3,2 milhões de hospitalizações

702 mil casos graves

27 de março de 2020 às 23:04

Governador do Rio de Janeiro vai decretar mais 15 dias de quarentena [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, fez um pronunciamento na noite desta sexta-feira (27) por uma rede social.

Ele afirmou que vai decretar mais 15 dias de distanciamento social, a partir da próxima segunda-feira (30).

27 de março de 2020 às 23:00

Confira o boletim médico do vereador Raniere Barbosa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog informou há pouco, o vereador Raniere Barbosa, que contraiu o vírus Covid-19, foi internado no Hospital Memorial.

Eis o boletim apresentado pelo hospital:

27 de março de 2020 às 22:57

Subprocuradores da República entram com ação civil pública contra propaganda de Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog conseguiu a íntegra da ação assinada por subprocuradores da República, contra a contrapropaganda de 5 milhões de reais de Jair Bolsonaro, estimulando o povo a desmanchar a quarentena…

Um grupo de 12 procuradores da República de vários Estados ajuizou a ação civil pública com pedido urgente de liminar para que não vá ar, em nenhum tipo de mídia, nem nas redes sociais, a campanha “O Brasil Não Pode Parar”, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pela Secom da Presidência e pelos filhos do presidente nas redes sociais

Confira a íntegra da Ação.

 

MPF-Coronavirus

 

 

27 de março de 2020 às 22:10

Vereador Raniere Barbosa, que está com coronavírus, é internado no Hospital Memorial em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Raniere Barbosa (Avante), que está com coronavírus, foi internado há pouco no Hospital Memorial, em Natal.

Raniere está com quadro de febre e falta de ar, mas está em apartamento, sem necessidade de UTI.

A mulher dele Karla Veruska, subsecretária de Trabalho do Estado, que também contraiu o vírus, permanece isolada em casa.

27 de março de 2020 às 19:11

Pelo menos 50 empresários do Alecrim não querem abrir suas lojas a partir de 2ª feira como revela consulta feita pela UEBA [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quase 40% dos empresários do bairro do Alecrim que responderam a uma consulta não deverão abrir suas lojas a partir de segunda-feira.

A consulta foi enviada feita pela AEBA – Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim, a 200 empresários do bairro, mas somente 138 responderam.

Dos 138, 87 deles confirmaram que irão funcionar na próxima segunda-feira e 51 disseram que não pretendiam abrir.

A Associação está propondo que as empresas funcionem a partir da próxima segunda-feira, em horário reduzido, das 8h às 14h, diminuindo a exposição das pessoas, seguindo todas as orientações do decreto do Governo.

Veja o gráfico da pesquisa para entender como se comportaram os lojistas do Alecrim.

27 de março de 2020 às 17:12

Deputado Walter Alves também não remanejou recursos porque os mais de 14 milhões em emendas já haviam sido destinadas à Saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Walter Alves (MDB), assim cono o deputado João Maia (PL), também não remanejou sua emenda de bancada porque já havia destinado 100% dos recursos para a Saúde.

Walter destinou, somente em 2020, mais de R$ 14 milhões para serem aplicados diretamente no sistema de saúde em municípios do Rio Grande do Norte.

O valor total alocado para o estado, através de emenda de bancada individual, é de R$ 14.635.304,00.

De acordo com a Constituição Federal, as emendas individuais são de execução obrigatória, e todos os anos, os parlamentares definem as áreas que receberão os recursos.

“Nosso mandato sempre priorizou a saúde. Não seria diferente neste ano. Alocamos quase R$ 15 milhões para os municípios do Rio Grande do Norte aplicarem em ações que beneficiam diretamente a população”, explicou o deputado.

Nesta semana, o deputado também subscreveu o documento apresentado pelo MDB Nacional que definiu ações de combate à pandemia do Covid-19. Intitulado “Para salvar vidas e empregos”.

A proposta traz várias medidas de enfrentamento à crise, entre elas, a antecipação do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) previsto para ser entregue no mês de julho. “Todas as medidas necessárias para combater esta crise contarão com nosso apoio”, reforçou Walter Alves.

27 de março de 2020 às 13:48

Deputado João Maia explica que não remanejou recursos para Saúde porque 100% de suas emendas que somaram quase 15 milhões já haviam sido destinadas à Saúde dos municípios mesmo antes da chegada do coronavírus [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado João Maia (PL), em contato com o Blog, explicou porque não entrou na lista de parlamentares que remanejaram emendas de outros setores para a saúde, mais precisamentebpaea ações de combate ao coronavírus.

“Mesmo antes da crise do coronavírus, eu sabia das dificuldades da saúde do Rio Grande do Norte, e minha emenda estava 100%, 14 milhões, 305 mil, 634 reais estavam totalmente destinados à saúde, direto para os municípios. Então não fazia sentido pra mim remanejar dinheiro da Saúde pra Saúde”, explicou João, afirmando que desde antes do vírus chegar já habia optado por socorrer os municípios que, segundo ele, estão “na ponta, e numa dificildade maior”, afirmou João Maia.

Ainda sobre saúde, João Maia lembrou que conseguiu com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fora das emendas parlamentares, recursos de 30 milhões de reais para construção do hospital de São Gonçalo do Amarante.

27 de março de 2020 às 13:37

Prefeitura de Natal amplia ações de comunicação no combate ao vírus Covid-19 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em tempos de enfrentamento à pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Natal ampliou as ações de comunicação em seus canais oficiais para manter a população informada a respeito das iniciativas que estão sendo promovidas para conter os efeitos da proliferação do novo coronavírus.

 

A Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) passou a enviar diariamente pelo whatsapp o Boletim Informativo Coronavírus.

Qualquer cidadão pode solicitar o seu cadastro na ferramenta. Basta mandar uma mensagem para o número (84) 98831-7611, que será inserido na lista de transmissão do boletim.

 

Em outra ponta, a Prefeitura é autora de uma campanha publicitária veiculada nos meios de comunicação, reforçando a necessidade do isolamento social e orientando os cidadãos a seguirem as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

Além do portal da PMN, que segue atualizado ao longo de todos os dias, com matérias sobre o trabalho realizado pela gestão municipal e por suas secretarias, os perfis oficiais da Prefeitura nas redes sociais estão ainda mais ativos nesse período, com informações educativas acerca dos cuidados necessários para evitar o contágio da Covid-19.

Outra ação nas redes sociais é focada nas pessoas com os sintomas da doença, direcionando quais os procedimentos que elas devem adotar em busca de tratamento.

 

Esse trabalho tem conquistado bons resultados. O perfil oficial da gestão no Instagram (@natalprefeitura) ganhou 4.000 novos seguidores nos últimos cinco dias, saltando de 100 mil para 104 mil.

No Facebook (Prefeitura de Natal), 124.559 pessoas foram alcançadas pelas postagens no período de 19 a 25 deste mês, conquistando 494 seguidores e 474 curtidas.

O Twitter (@natalprefeitura) também vem alcançando bons números e nos últimos dias agregou 388 novos seguidores, atingindo 56.390.

 

“São marcas expressivas que mostram a população buscando informações oficiais. Isso é muito importante nesse contexto de crise que estamos enfrentando. A comunicação pública é fundamental para informar e orientar a sociedade. Vamos seguir nesse trabalho profissional e criterioso de combate a notícias falsas, de modo a dar ainda mais transparência às ações da gestão municipal”, afirma o secretário municipal de Comunicação, Heverton de Freitas.

27 de março de 2020 às 11:58

Potiguares que criticaram campanha educativa que seria feita no RN assistem Bolsonaro gastar quase 5 milhões em propaganda para espalhar conceitos que contrariam a Ciência e a Medicina [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os dois pesos e duas medidas que não podem faltar à hipocrisia da humanidade…

Contrariando as orientações da Organização Mundial de Saúde, o governo de Jair Bolsonaro vai gastar R$ 4,8 milhões em contrapropaganda.

Vai produzir uma campanha pelo fim do isolamento horizontal durante a epidemia do coronavírus e a favor do isolamento vertical.

Traduzindo, vai dizer, com quase 5 milhões distribuídos nos veículos de comunicação que lhe atendem, que somente as pessoas que estão enquadradas no grupo de risco do coronavírus, como idosos, não devem sair de casa.

Detalhe: campanha sem licitação.

Sem nenhuma ilegalidade.

Igual a que foi anunciada pela governadora Fátima Bezerra, no Rio Grande do Norte, mas suspensa devido à grita promovida pelo bolsonarismo potiguar.

E agora?

Fátima fez uma estimativa que poderia gastar até 3 milhões em 6 meses.

Seriam 500 mil por mês enquanto durasse a pandemia.

Campanha educativa com informações necessárias e combatendo fake news, direcionada à população que se enche de dúvidas lendo coisas que poderiam não ler em redes sociais.

Bolsonaro vai gastar quase 5 milhões numa campanha deseducativa, na contramão da Ciência e da Medicina.

A campanha de Bolsonaro foi aprovada pelo filho Carlos…

A campanha de Fátima não havia sido aprovada pela irmã Tetê.

O Rio Grande do Norte continua caminhando na contramão…sem compreender que quem já foi…não volta mais.

Revista Época

27 de março de 2020 às 11:08

Deputado do PSL ignora quarentena, faz festa para 100 pessoas e é preso em Niterói [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A polícia de Niterói, no Rio de Janeiro, prendeu um deputado do PSL, que promoveu uma festa para 100 pessoas em sua casa.

Ele foi denunciado pelos vizinhos.

Levado pela PM por descumprir decretos do estado do Rio de Janeiro, ele esbravejou e atacou a polícia.

A cobertura é do SBT Rio.

SBT…a emissora aliada do PSL…

27 de março de 2020 às 10:47

A pedido da governadora Fátima e do prefeito Álvaro, deputados e senadores do RN remanejam 65 milhões em emendas para ações de combate ao coronavírus no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os deputados federais e os senadores do Rio Grande do Norte remanejaram, nesta quinta -feira (26), R$ 65,3 milhões das emendas parlamentares de bancada para ações emergenciais de combate ao avanço do novo coronavírus no Estado.

O remanejamento diz respeito às emendas ao Orçamento 2020.

Duas emendas de R$ 14,6 milhões indicadas pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Natal no final do ano passado foram integralmente remanejadas para ações emergenciais, conforme solicitação da governadora Fátima Bezerra e do prefeito da capital, Álvaro Dias.

Os senadores Jean Paul Prates (R$ 6 milhões), Styvenson Valentim (R$ 3 milhões) e Zenaide Maia (R$ 3,6 milhões) e os deputados federais Beto Rosado (R$ 9,6 milhões), Fábio Faria (R$ 7,3 milhões), Natália Bonavides (R$ 2,3 milhões) e Rafael Motta (R$ 4 milhões), juntos, acresceram ao montante R$ 36 milhões, oriundos de emendas com indicação individual, totalizando os R$ 65,3 milhões à disposição do Rio Grande do Norte.

Os recursos poderão ser utilizados pelo Estado e por municípios.

A previsão é de que o pagamento aconteça de imediato.

A possibilidade de remanejamento foi aberta pelo Governo Federal após o reconhecimento do estado de calamidade pública em razão do avanço do novo coronavírus no Brasil.

27 de março de 2020 às 9:33

Arcebispo de Natal anuncia que celebrações da Semana Santa serão com igrejas fechadas e transmitidas pela internet, sem procissões e com missa de Crisma adiada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Semana Santa sem procissão, igrejas fechadas e celebrações vistas pela internet, com a missa de Crisma e dos Santos Óleos adiada e muitas orações às vítimas da pandemia de coronavírus em todo o mundo.

É assim que será no Rio Grande do Norte de acordo com a Igreja Católica.

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, preparou as orientações ao clero acerca das celebrações da Semana Santa, com base no decreto publicado pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé.

ORIENTAÇÕES AO CLERO ACERCA DAS CELEBRAÇÕES DA SEMANA SANTA Em tempo de COVID-19

Com base no decreto publicado no dia 19 de março e atualizado no último dia 25 do mesmo mês (Prot. N. 153/20), pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, determinamos o seguinte:

1) Como a data da Páscoa não pode ser transferida e considerando os decretos publicados anteriormente restringindo os encontros e movimentos de pessoas, os ritos da Semana Santa serão celebrados apenas na igreja Catedral e na igreja matriz de cada Paróquia e/ou Área Pastoral, sem a participação do povo, a portas fechadas, com a presença de uma restrita equipe celebrativa de apoio;

2) As celebrações devem – na medida do possível – ser transmitidas (ao vivo e não por meio de gravação) pelos meios eletrônicos de comunicação e os fiéis devem ser devidamente informados acerca do horário de início das várias celebrações, para que possam se unir em oração em suas casas;

3) Domingo de Ramos – A recordação da entrada do Senhor em Jerusalém seja celebrada na igreja Catedral, seguindo a segunda forma prevista no Missal Romano e, nas igrejas matrizes, adote-se o terceiro modo;

4) Missa crismal – A Missa do Crisma ou dos Santos Óleos será adiada. A nova data será fixada e informada tão logo seja superado o tempo de pandemia;

5) Quinta-feira Santa – Concede-se, a título excepcional, a todos os sacerdotes a faculdade de celebrar neste dia, em qualquer lugar adequado, a Missa sem o povo. O lava-pés seja omitido. No término da Missa, omite-se a procissão e o Santíssimo Sacramento seja conservado no sacrário. Os sacerdotes que não tenham a possibilidade de celebrar a Missa, em vez dela, rezarão as Vésperas (cf. Liturgia das Horas);

6) Sexta-feira Santa – Na Catedral e nas igrejas matrizes, o Bispo e o pároco, respectivamente, celebrem a Paixão do Senhor. O rito de Adoração da Cruz, mediante o beijo, seja restrito ao presidente da celebração. À Oração universal, acrescente-se a seguinte intenção:

XI. Pelas vítimas da pandemia

Oremos por todas as vítimas do novo coronavírus, sobretudo os mais vulneráveis, afim de que sejam livres de suas consequências, sejam consolados os que perderam seus entes queridos e logo se encontre a cura para a COVID-19.

Deus eterno e todo-poderoso, autor da vida, ouvi as súplicas de vosso povo que implora o fim dessa nefasta pandemia. Protegei os mais vulneráveis, especialmente os idosos; sejam eles amparados por seus familiares e assistidos pelo Sistema de Saúde. Abençoai os esforços para encontrar a cura e uni, pelos laços da solidariedade, a humanidade inteira. Por Cristo, nosso Senhor.

7) Vigília Pascal – Celebrada apenas na igreja Catedral e nas igrejas matrizes. No início da Vigília ou Celebração da Luz, omitem-se o acender e a bênção do fogo. O círio, já preparado antecipadamente, seja aceso de modo simples; omita-se a procissão e entoe-se o precônio pascal (Exsultet). Segue-se a Liturgia da Palavra. Para a Liturgia batismal, apenas se renovam as promessas batismais (cf. Missal Romano, pág. 288, n. 46). Segue-se a Liturgia eucarística. Aqueles que não podem de modo nenhum unir-se à Vigília Pascal celebrada na igreja, rezam o Ofício das Leituras indicado para o Domingo de Páscoa (cf. Liturgia das Horas);

8) Os membros das casas religiosas e/ou mosteiros, com espírito de íntima união aos Mistérios de Cristo, procurem acompanhar todas as celebrações através dos meios de comunicação e da recitação da Liturgia das Horas;

9) As procissões e outros atos comunitários de piedade popular relacionados às celebrações da Semana Santa ficam suspensos;

10) Todas estas disposições foram expedidas De mandato Summi Pontificis pro hoc tantum anno 2020 (Por mandato do Sumo Pontífice apenas para este ano de 2020).

Dado e passado nesta Arquiepiscopal cidade do Natal, aos 25 de março de 2020, Solenidade da Anunciação do Senhor.

Dom Jaime Vieira Rocha Arcebispo Metropolitano de Natal

27 de março de 2020 às 1:26

De dentro dos carros para não pegarem coronavírus, brasileiros defendem fim da quarentena [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em vários lugares do Brasil teve carreata na noite desta quinta-feira.

Os participantes defendiam o retorno ao trabalho.

De dentro dos carros, com medo de pegar coronavírus?